CONTRIBUIÇÃO DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA COMBATE AO Aedes aegypti

Renata Fraga Pinheiro, Marcelo Rocha

Resumo


O Ensino de Ciências na educação básica vem enfrentando muitos desafios, dentre os quais se verifica a importância de uma abordagem significativa dos conteúdos científicos para os estudantes. Desta forma, a Alfabetização Científico-tecnológica possui um viés entre as relações de Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) orientando para uma formação concreta e integral. Neste trabalho, analisamos uma Sequência Didática (SD) aplicada a um grupo de 23 alunos, de uma escola pública, do segundo segmento do Ensino Fundamental do município de Paraíba do Sul, com objetivo de formar multiplicadores no combate ao mosquito Aedes aegypti, agente transmissor da Dengue, Zyka vírus e Chikungunya. O estudo baseou-se em uma análise de conteúdo, com utilização de um questionário antes e após atividades desenvolvidas na SD. A partir dos dados, observamos que todos os alunos reconhecem o mosquito e onde se desenvolve. Percebemos também um aumento significativo (82,6%) em relação à principal forma de prevenção de proliferação do vetor, não deixar água parada. Inferem-se com os resultados a importância de compreender o ciclo de vida do mosquito junto à necessidade efetiva de políticas públicas em campanhas de educacionais e a sensibilização da população para cumprir seu papel como cidadão para erradicar o mosquito.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2018.v11i3.a21555

Apontamentos

  • Não há apontamentos.