ATIVIDADE LÚDICA SOBRE PARASITOSE INTESTINAL PARA SURDOS E DEFICIENTES AUDITIVOS.

Heloá Caramuru Carlos, Ruth Maria Mariani Braz, Suzete Araujo Oliveira Gomes

Resumo


As parasitoses intestinais estão entre os principais problemas de saúde pública nos países em desenvolvimento, sendo sua ocorrência relacionada à falta de saneamento básico e educação sanitária. Na escola, a dificuldade da abordagem desses temas aliada à falta de recursos didáticos apropriados, têm proporcionado problemas na compreensão e assimilação dos conteúdos associados. O objetivo desse trabalho foi criar e aplicar um jogo sobre Ancilostomíase, a fim de construir noções de educação sanitária e higiene pessoal, contribuindo assim para o ensino-aprendizagem em Parasitologia de alunos surdos e deficientes auditivos. Foi elaborado um jogo de tabuleiro baseado no personagem criado por Monteiro Lobato, o Jeca Tatu, doente com ancilostomíase ou amarelão. O jogo foi aplicado no Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) na cidade do Rio de Janeiro. Os resultados dessa pesquisa indicaram que esta atividade lúdica pode ser utilizada como uma estratégia facilitadora na construção do conhecimento e na conscientização de hábitos de higiene pessoal de alunos surdos e/ou deficientes auditivos, contribuindo para o processo ensino-aprendizagem em educação e saúde.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2019.v12i1.a21633

Apontamentos

  • Não há apontamentos.