ALIMENTAÇÃO HUMANA NO ENSINO DE CIÊNCIAS EM UMA PERSPECTIVA MULTIDIMENSIONAL: CONCEPÇÕES DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Camila Maria Bandeira Scheunemann, Paulo Tadeu Campos Lopes

Resumo


Entre as diversas temáticas estudadas no ensino de Ciências está a alimentação humana. No entanto, esta acaba por delimitar-se aos aspectos fisiológicos, anatômicos e bioquímicos, deixando de evidenciar outros fatores, como a produção e distribuição de alimentos, os resíduos alimentares e os impactos destes processos. Este artigo apresenta um recorte de uma pesquisa de mestrado, de abordagem qualitativa, especificamente um estudo de caso, realizada no decorrer de 2016 e 2017, que teve por objetivo investigar as contribuições/implicações do estudo da alimentação humana, a partir de uma perspectiva multidimensional, na aprendizagem dos alunos, na disciplina de Ciências. Os participantes foram 15 alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental de uma escola estadual de um município da região noroeste do Rio Grande do Sul. Foi realizada uma intervenção didática através de um hipertexto digital, elaborado na plataforma Wix, contemplando a temática “Alimentação, em uma perspectiva multidimensional”. Os instrumentos de coleta de dados da pesquisa foram dois questionários, cada um composto por 20 questões. Neste artigo serão apresentadas cinco destas perguntas, consideradas de maior importância para esta discussão. Os dados foram analisados a partir da Análise de Conteúdo de Bardin. Constatou-se que os estudantes passaram a perceber a alimentação como um processo mais globalizador, menos fragmentado e de maneira mais condizente com a perspectiva multidimensional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2019.v12i3.a21658

Apontamentos

  • Não há apontamentos.