O APEGO AO LUGAR: UMA ABORDAGEM NO SEMIÁRIDO NORDESTINO

Tony César de Sousa Oliveira, Vanessa Fernanda da Silva Sousa, Ruth Raquel Soares de Farias, Raimundo Nonato Lopes, Antonio Alberto Jorge Farias Castro

Resumo


A interação entre o indivíduo e o lugar ocasiona o surgimento de laços afetivos. Se esse elo for rompido pode ocasionar grandes impactos ao indivíduo. Assim, esse estudo propõe analisar as relações entre o homem e o lugar em uma comunidade que será atingida pela construção de uma barragem no estado do Piauí.  Para isso, foram realizadas entrevistas com moradores dessa comunidade. Os dados foram analisados de maneira quali-quantitativo. Para isso utilizamos do Software IBM® SPSS® Statistic versão 20, e o Software de análises sobre corpus textuais (IRaMuTeQ, 0.6 alpha 3). O estudo revelou que os entrevistados possuem um grande vínculo afetivo com o lugar. Observou-se também que os entrevistados demostram insegurança em relação ao futuro, que nos faz pensar sobre o processo de desalojamento de populações. Incluindo informações sobre a satisfação e apego ao lugar e na percepção de qualidade de vida

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2019.v12i3.a28586

Apontamentos

  • Não há apontamentos.