Subjetivação e Psicologia Social: dualidades em questão

Roberta Stubs Parpinelli, Saulo Luders Fernandes

Resumo


Iniciamos este ensaio com uma breve apresentação de duas heranças da psicologia social. A primeira refere-se ao dualismo sujeito-objeto que invadiu as ciências sociais proveniente do paradigma da ciência moderna. O segundo refere-se ao dualismo indivíduo-coletividade presente no nascimento da psicologia moderna. Ressaltamos as insuficiências desses dualismos para lidar com realidades sociais complexas, e com a finalidade de questioná-los, recorremos aos conceitos de subjetivação e rizoma desenvolvidos por Deleuze e Guattari. Para além do jogo dos dualismos sujeito-objeto e indivíduo-coletividade, apontamos para alternativas a partir de uma perspectiva mais plural e complexa da realidade.


Palavras-chave


sujeito-objeto; indivíduo-coletividade; subjetivação; rizoma

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: