Devir-loucura no rádio: uma experiência em saúde mental

Fernanda Fontana Streppel, Analice de Lima Palombini

Resumo


Este texto pretende apresentar esboços de uma pesquisa que se realiza a partir de uma experiência de produção de rádio em saúde mental – Coletivo de Rádio Potência Mental –, discutindo alguns aspectos referentes às especificidades do seu processo de produção discursiva, assim como o estatuto da loucura no seu fazer. O programa é produzido por quem chamamos de “diagnosticados”, pessoas com diagnóstico psiquiátrico, e estudantes e profissionais de Psicologia e Comunicação Social, diagnosticados ou não. As discussões são disparadas pelo que se configura como uma cartografia do Coletivo de Rádio, inspirada no pensamento de Deleuze e Guattari, através da qual se assiste ao transcorrer de uma pesquisa que se utiliza da mesma experiência de coletivo que se faz sujeito, objeto e método da investigação para cunhar uma noção de devir-loucura que transpõe a linha da loucura da interioridade dos diagnosticados para carregar todo o processo de produção radiofônica em direção ao Fora.


Palavras-chave


rádio; saúde mental; loucura; coletivo; devir

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO PROJETO TAM TAM. Nossa história. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2009.

BARROS, R. D. B. Dispositivos em ação: o grupo. In: SILVA, A. E. et al. (Org.). SaúdeLoucura 6. São Paulo: Hucitec, 1997. p. 183-191.

BARROS, R. D. B. Grupo: a afirmação de um simulacro. Porto Alegre: Sulina, 2007.

BARROS, R. B.; PASSOS, E. Diário de bordo de uma viagem-intervenção. In: PASSOS, E.; KASTRUP, V.; ESCÓSSIA, L. (Org.). Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009. p. 172-200.

BLANCHOT, M. A conversa infinita – a palavra plural. São Paulo: Escuta, 2001.

CAIAFA, J. Comunicação da diferença. Revista Fronteiras: estudos midiáticos, São Leopoldo, v. 1, n. 2, p. 47-56, jul./dez. 2004.

CHAO, M. La Colifata. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2009.

COGO, D. M. Mídias, identidades culturais e cidadania: sobre cenários e políticas de visibilidade midiática dos movimentos sociais. In: PERUZZO, C. M. K. (Org.). Vozes cidadãs – Aspectos teóricos e análises de experiências de comunicação popular e sindical na América Latina. São Paulo: 2004. p. 41-56.

CORREA-URQUIZA, M. Radio Nikosia: La rebelión de los saberes profanos - otras prácticas, otros territorios para la locura. 2009. Tese (Doutorado)– Universitat Rovira i Virgili, Tarragona, 2009.

DELEUZE, G. A Imanência: uma vida... Revista Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 27, n. 2, p. 10-18, jul./dez. 2002.

DELEUZE, G. Crítica e Clínica. Rio de Janeiro: 34, 1997.

DELEUZE, G. Foucault. São Paulo: Brasiliense, 2005.

DELEUZE, G. Lógica do Sentido. São Paulo: Perspectiva, 2007.

DELEUZE, G. O que é um dispositivo. In: ______. O mistério de Ariana. Lisboa: Veja, 1996. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2010.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Capitalismo e esquizofrenia. In: DELEUZE, G. A ilha deserta: e outros textos. São Paulo: Iluminuras, 2006. p. 295-305.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs I Capitalismo e Esquizofrenia. Rio de Janeiro: 34, 1995a.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs II Capitalismo e Esquizofrenia. Rio de Janeiro: 34, 1995b.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs III Capitalismo e Esquizofrenia. Rio de Janeiro: 34, 1996.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O Anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia 1. Lisboa: Assírio Alvim, 2004.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é a filosofia? Rio de Janeiro: 34, 1992.

DELEUZE, G.; PARNET, C. Diálogos. São Paulo: Escuta, 1998.

FONSECA, T. M. G. et al. Pesquisa e acontecimento: o toque no impensado. Psicologia em Estudo, Maringá, v.11, n. 3, p. 655-660, set./dez. 2006.

FOUCAULT, M. A Arqueologia do Saber. Petrópolis: Vozes, 1972.

FOUCAULT, M. A linguagem ao infinito. In: ______. Ditos & Escritos 3: Estética – Literatura e Pintura, Música e Cinema. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001a. p. 47-59.

FOUCAULT, M. A Ordem do Discurso - L’Ordre Du Discours, Leçon inaugurale ao Collège de France prononcée le 2 décembre 1970. 18. ed. São Paulo: Loyola, 2009.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. 8. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT, M. O Pensamento do Exterior. In: ______. Ditos & Escritos 3: Estética: Literatura e Pintura, Música e Cinema. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001b. p. 219-242.

FOUCAULT, M. O que é um autor? 5.ed. Alpiarça: Vega, 2002.

GUATTARI, F. Caosmose: um novo paradigma estético. São Paulo: 34, 1992.

GUATTARI, F. Milhões e milhões de Alices no ar. In: MEDITSCH, E. (Org.). Teorias do rádio – textos e contextos. Florianópolis: Insular, 2005. p. 199-207. v. 1.

GUATTARI, F.; ROLNIK, S. Micropolítica: Cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes, 1999.

HAMMES, R. A conquista de espaços na comunidade. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO, 3., 2008, Porto Alegre. CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO, 4., 2008, Porto Alegre. CONGRESSO BRASILEIRO DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO, 2., 2008, Porto Alegre. Anais do III Congresso Internacional, IV Congresso Ibero-Americano, II Congresso Brasileiro de Acompanhamento Terapêutico. Porto Alegre: [s.n], 2008. p. 125.

LACAN, J. O Seminário sobre “a carta roubada”. In: ______. Escritos. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.

LEVY, T. S. A experiência do Fora: Blanchot, Foucault e Deleuze. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2003.

MELLO, V. P. Papo-cabeça, a experiência de uma oficina de rádio para usuários de serviços de saúde mental. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 24., 2001, Campo Grande. Anais do XXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Campo Grande: [s.n], 2001. Disponível em http://reposcom.portcom.intercom.org.br/handle/1904/4961 . Acesso em: 15 jan. 2010.

MELO, A. M.; MAGNAGO, C. F. De Perto Ninguém é Normal: um processo de consolidação. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO, 3., 2008, Porto Alegre. CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO, 4., 2008, Porto Alegre. CONGRESSO BRASILEIRO DE ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO, 2., 2008, Porto Alegre. Anais do III Congresso Internacional, IV Congresso Ibero-Americano, II Congresso Brasileiro de Acompanhamento Terapêutico. Porto Alegre: [s.n.], 2008. p. 122.

OLIVERA, A. LT 22 Radio “La Colifata” Asoc. Civil Salud Mental y Comunicación. 1999. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2009.

OLIVERA, A. Quién habla? LT 22 Radio La Colifata. 2003. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2009.

PALOMBINI, A. L. Vertigens de uma psicanálise a céu aberto: a cidade. Contribuições do acompanhamento terapêutico à clínica na reforma psiquiátrica. 2007. Tese (Doutorado)-Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007. Disponível em: . Acesso em 12 out. 2011.

PALOMBINI, A. L.; CABRAL, K. V.; BELLOC, M. M. Do AT à radiodifusão como estratégia de ocupação da cidade. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PSICOPATILOGIA FUNDAMENTAL, 3., 2008, Niterói CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICOPATOLOGIA FUNDAMENTAL, 9., 2008,. Niterói. Anais do III Congresso Internacional e IX Congresso Brasileiro de Psicopatologia Fundamental. Niterói: [s.n.] 2008. Disponível em < http://www.fundamentalpsychopathology.org/8_cong_anais/MR_399c.pdf>. Acesso em: 15 jan. 2010.

PASSOS, E.; EIRADO, A. Cartografia como dissolução do ponto de vista do observador. In: PASSOS, E.; KASTRUP, V.; ESCÓSSIA, L. (Org.). Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009. p. 109-130.

PELBART, P. P. Literatura e Loucura. In: RAGO, M.; ORLANDI, L. B. L.; VEIGA-NETO, A. (Org.). Imagens de Foucault e Deleuze: ressonâncias nietzschianas. Rio de Janeiro: DP&A, 2002. p. 287-298.

PELBART, P. P. Da Clausura do Fora ao Fora da Clausura: Loucura e Desrazão. São Paulo: Brasiliense, 1989.

PORTAL RÁDIO UNIVERSIDADE. De Perto Ninguém é Normal. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2010.

RADIO NIKOSIA. Sobre Radio Nikosia. Disponível em: . Acesso em: 15 janeiro 2010.

ROLDÃO, I. C. C.; MOREIRA, R. Um jornalista na loucura, despertando loucos por jornalismo. In: MERHY, E.; AMARAL, H. (Org.). A Reforma Psiquiátrica no Cotidiano II. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2007, p. 67-81.

SERVIÇO DE SAÚDE DR. CÂNDIDO FERREIRA. Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2010.

SCHÉRER, R. Homo tantum. O impessoal: uma política. In: ALLIEZ, É. (Org.). Gilles Deleuze: uma vida filosófica. São Paulo: 34, 2000. p. 21-38.

SCHÓPKE, R. Por uma filosofia da diferença: Gilles Deleuze, o pensador nômade. São Paulo: Edusp, 2004.

SILVA, L. B. C. Três questões sobre as psicoses: uma leitura de O Anti-Édipo. Mental, Barbacena, v. 2, n. 4, p. 113-131, jun. 2005.

STREPPEL, F. F.; GORCZEVSKI, D.; PALOMBINI, A. L. Rádio-acontecimento: modos de comunicar Potência Mental. Revista Periferia, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, p. 1-16, jan./jun. 2010.

STREPPEL, F. F.; PALOMBINI, A. L. Potência Mental no ar... Exercícios de esquizo-radiofonia. 2011. Dissertação (Mestrado)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

TIBULO, A. P. et al. Programa de Rádio Potência Mental busca seu espaço. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE SALUD MENTAL E DERECHOS HUMANOS, 5., 2006, Buenos Aires. Anais do V Congresso Internacional de Salud Mental e Derechos Humanos. Buenos Aires: [s.n], 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: