Sobre a validação da pesquisa cartográfica: Acesso à experiência, consistência e produção de efeitos

Eduardo Passos, Virginia Kastrup

Resumo


O texto discute o tema da validação na pesquisa guiada pelo método da cartografia. Define uma diretriz de validação e distingue três indicadores de validação. Propõe que a validação seja realizada em três níveis de avaliação: a auto-avaliação realizada pelo próprio pesquisador, a avaliação pelos participantes da pesquisa e a avaliação por pares – o que vem a compor a idéia de uma validação distribuída, já que nenhum dos seus três níveis pode sozinho dar conta da avaliação do processo de investigação. Defende que a validação de uma pesquisa cartográfica se realize ao longo do processo e não apenas ao final da investigação.


Palavras-chave


Validação; cartografia; pesquisa-intervenção; pesquisa participativa

Texto completo:

PDF

Referências


BENEVIDES DE BARROS, R. Grupo: a afirmação de um simulacro. Porto Alegre: Sulina / UFRGS, 2007.

Bergson, H. O pensamento e o movente (Introdução) In: ______. O pensamento e o movente: ensaios e conferências. São Paulo: Martins Fontes, 2006. p. 3-102.

CAMPOS, R. O. et al. Pesquisa avaliativa em saúde mental: desenho participativo e efeitos da narratividade. Campinas: Hucitec, 2008.

DAVID, J.; HAUTEQUESTT, F.; KASTRUP, V. Audiodescrição de filmes: experiência, objetividade e acessibilidade cultural. Fractal: Revista de Psicologia, Niterói, v. 24, n. 1, p. 125-142, jan./abr. 2012. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2013.

DELEUZE, G. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 1974.

DELEUZE, G. Diferença e repetição. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

DELEUZE, G. Le bergsonisme. Paris: PUF, 1991.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Ed.34, 1995. v. 1.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1997. v. 5.

DELEUZE, G.; PARNET, C. Diálogos. São Paulo: Escuta, 1998.

EIRADO, A. et al. Estratégias de pesquisa no estudo da cognição: o caso das falsas lembranças. Psicologia e Sociedade, Florianópolis, v. 22, n. 1, p. 84-94, 2010.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

GUATTARI, F. Transversalidade. In: ______. Psicanálise e transversalidade. Aparecida, SP: Ideias e Letras, 2004. p. 101-118.

KASTRUP, V. Flutuações da atenção no processo de criação. In: LECERF, E.; BORBA, S.; KOHAN, W. (Org.). Imagens da imanência: escritos em memória de H. Bergson. Belo Horizonte: Autêntica, 2007. v. 1, p. 59-71.

KASTRUP, V. O lado de dentro da experiência: atenção a si mesmo e produção de subjetividade numa oficina de cerâmica para pessoas com deficiência visual adquirida. Psicologia Ciência e Profissão, v. 28, n. 1, p. 186-199, 2008.

KASTRUP, V. O funcionamento da atenção no trabalho do cartógrafo. In: PASSOS, E; KASTRUP, V.; ESCÓSSIA, L. da (Org.). Pistas do método da cartografia: pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009. p. 32-51.

KASTRUP, V. Será que cegos sonham? O caso das imagens táteis distais. Revista Psicologia em Estudos. No prelo.

KASTRUP, V.; TEDESCO, S.; PASSOS, E. Políticas da cognição. Porto Alegre: Sulina, 2008

LATOUR, B. Como falar do corpo? A dimensão normativa dos estudos sobre a ciência. In: NUNES, J. A.; ROQUE, R. (Org.). Objetos impuros: experiências em estudos sociais da ciência. Porto: Afrontamento, 2007. p. 40-61.

LOURAU, R. Quelques approches de l’implication: genèse du concept d’implication. Pour, Toulouse, n. 88, p. 14-18, mars/avril, 1988.

LOURAU, R. Implicação: um novo paradigma. In: ALTOÉ, S. (Org.). René Lourau: analista institucional em tempo integral. São Paulo: Hucitec, 2004a. p. 246-258.

LOURAU, R. Implicação-Transdução. In: ALTOÉ, S. (Org.). René Lourau: analista institucional em tempo integral. São Paulo: Hucitec, 2004b. p. 212-223.

MATURANA, H. Biology of cognition In: ______. Autopoiesis and cognition: the realization of the living. Dordrecht: D. Reidel, 1980. p. 4-58.

MATURANA, H.; VARELA, F. Autonomie e connnaissance: essai sur le vivant. Paris: Seuil, 1989.

MATURANA, H.; VARELA, F. El arbol del conocimiento: las bases biológicas del conocimiento humano. Madrid: Debate, 1990.

PASSOS, E.; BENEVIDES DE BARROS, R. Por uma política da narratividade. In: PASSOS, E.; KASTRUP, V.; ESCÓSSIA, L. da (Org.). Pistas do método da cartografia: pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009a. p. 151-172.

PASSOS, E.; BENEVIDES DE BARROS, R. A cartografia como método de pesquisa-intervenção. In: PASSOS, E.; KASTRUP, V.; ESCÓSSIA, L. da (Org.). Pistas do método da cartografia: pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009b. p. 17-31.

PASSOS, E.; BENEVIDES DE BARROS, R. Clínica e biopolítica na experiência do contemporâneo. Psicologia Clínica, Rio de Janeiro, v. 13, p. 89-99, 2001.

PASSOS, E.; EIRADO, A. Cartografia como dissolução do ponto de vista do observador. In: PASSOS, E.; KASTRUP, V.; ESCÓSSIA, L. da (Org.). Pistas do método da cartografia: pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009. p. 110-131.

PETITMENGIN, C.; BITBOL, M. The validity of First-Person descriptions as authenticity and coherence. Journal of Consciousness Studies, [S.l.], v. 16, n. 11-12, p. 363-404, 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2013

RENAULT, L; PASSOS, E; EIRADO, A. Da entrevista de explicitação à entrevista na pesquisa cartográfica. In: AMADOR, F. S.; BARROS, M. E. B.; FONSECA, T. M. G. (Org.). Clínicas do trabalho e paradigma estético. Porto Alegre: UFRGS. No prelo.

SIMONDON, G. L’individuation psychique et colletive. Paris: Aubier, 1989.

VARELA, F.; THOMPSON, E.; ROSCH, E. A mente incorporada. Porto Alegre: Artmed, 2003.

VARELA, F.; SHEAR, J. The view from within: first person approaches to the study of consciousness. Thorverton: Imprint Academic, 2002.

VERMERSCH, P. L’entretien d’explicitation. Issy-les-Moulineaux: ESF, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: