Mídia e a produção do sujeito jogador de futebol profissional

Marcos Daou, Neuza Maria de Fátima Guareschi, Marcos Adegas de Azambuja

Resumo


Este artigo tem como objetivo visibilizar e problematizar a constituição do sujeito jogador de futebol profissional na sociedade contemporânea. Como ferramenta metodológica, utilizou-se a análise das práticas discursivas provenientes de materiais midiáticos, articuladas com as regularidades de enunciados construídos pelos campos de conhecimento na produção dos modos de subjetivação deste profissional. Para a análise, selecionou-se o material proveniente da mídia impressa – Jornal Zero Hora, de Porto Alegre, especialmente, em um período que caracterizou-se pelo surgimento de um atleta jovem na categoria profissional. Como resultado, pode ser visibilizado que o jogador de futebol profissional é constituído na contemporaneidade pelos modos de subjetivação através dos imperativos dos investimentos técnicos e do lucro. O sujeito é submetido a intensa produção de metodologias dos campos de saber para aperfeiçoamento para um alto-rendimento e por consequência estar de acordo com as exigências de qualificações do mercado profissional.


Palavras-chave


modos de subjetivação; discurso da mídia; jogador de futebol profissional

Texto completo:

PDF

Referências


ACERTO de Pato sai amanhã, O. Zero Hora, Porto Alegre, 22 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 47.

ANTUNES, F. M. R. F. Com brasileiro não há quem possa! futebol e identidade nacional em José Lins do Rego, Mario filho e Nelson Rodrigues. São Paulo: UNESP, 2004.

BOA cabeça, A. Zero Hora, Porto Alegre, 27 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 10.

CAGLIANI, B. Corpo, tecnologia e controle: Gattaca e o Homem-máquina. CAOS - Revista Eletrônica de Ciências Sociais, [S.l.], n. 8, p. 7-16, mar. 2005. Disponível em: . Acesso em: 02 set. 2013.

CARVALHO, J. M. A chuteira na mídia: a predominância do futebol na imprensa campineira. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28., 2005, Rio de Janeiro. Anais... São Paulo: Intercom, 2005. CD-ROM.

DAOU, M. Das práticas de esporte com a bola à configuração do futebol na sociedade contemporânea. 2007. Dissertação (Mestrado)__Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

FISCHER, R. M. B. Televisão e educação: fluir e pensar a TV. Belo Horizonte: Autêntica, 2001a.

FISCHER, R. M. B. Mídia, estratégias de linguagem e produção de sujeitos. In: CANDAU, V. M. (Org.). Linguagens, espaços e tempos no ensinar e aprender. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001b. p. 74-88.

ERA jogo para Pato. Zero Hora, Porto Alegre, 20 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 02.

FISCHER, R. M. B. O dispositivo pedagógico da mídia: modos de educar na (e pela) TV. Revista Educação e Pesquisa, [S.l.], v. 28, n. 1, p. 151-162, jan./jun. 2002.

FOUCAULT, M. Tecnologias del yo. In: ______. Tecnologias del yo y otros textos afines. Barcelona: Paidós Ibérica, 1991. p. 45-94.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. 21. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2005.

FRAGA, A. B. Anatomias do consumo: investimentos na musculatura masculina. Educação & Realidade, v. 25, n. 2, p. 135-150, jul./dez. 2000.

GUARESCHI, P.; BIZ, O. Mídia, Educação e Cidadania. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

GUERRA, I.; SOARES, E. A.; BURINI, R. C. Aspectos nutricionais do futebol de competição. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Rio de Janeiro, v. 7, n. 6, p. 200-206, nov./dez. 2001.

GUERRA, M. O. O jogo da moda: a transformação do futebol em negócio. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28., 2005, Rio de Janeiro. Anais... São Paulo: Intercom, 2005. CD-ROM.

HABEMUS Pato. Zero Hora. Porto Alegre, 21 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 44.

LÁ vem o Pato. Zero Hora, Porto Alegre, 27 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 47.

LEONCINI, M. P.; SILVA, M. T. Entendendo o futebol como um negócio: um estudo exploratório. Gestão e Produção, v. 12, n. 1, p. 11-23, jan.-abr. 2005.

LIPOVETSKY, G. Os tempos Hipermodernos. São Paulo: Barcarolla, 2004.

MANUAL das celebridades, O. Zero Hora, Porto Alegre, p. 52, 27 nov. 2006.

MEU nome é Pato. Zero Hora, Porto Alegre: 27 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 48.

PELBART, P. P. Vida capital: ensaios de biopolítica. São Paulo: Iluminares, 2003.

PILOTTO, F. M. A fabricação de ídolos esportivos. Revista Brasileira de Educação - ANPED, Rio de Janeiro, n. 23, p. 1-17, maio/jun./jul. 2003.

POWERS, S. K.; HOWLEY, E. T. Fisiologia do Exercício: teoria e aplicação ao condicionamento e ao desempenho. 3. ed. São Paulo: Manole, 2000.

PREMIAÇÕES da copa do mundo de 2006 somam R$ 560 milhões. Folha de São Paulo, 05 jul. 2006. Caderno de esportes. Disponível em: . Acesso em: 25 de ago. 2013.

RECOMENDAÇÃO. Zero Hora, Porto Alegre, 25 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 50.

SIMPSON, A. Xuxa. São Paulo: Sumaré, 1994.

SURGE uma estrela. Zero Hora, Porto Alegre, 27 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 11.

VERDADEIRO Pato, O. Zero Hora, Porto Alegre, 25 nov. 2006. Caderno de Esportes, p. 46.

VIRILIO, P. A arte do motor. São Paulo: Estação Liberdade, 1996a.

VIRILIO, P. Velocidade e política. São Paulo: Estação Liberdade, 1996b.

WEINBERG, R. S.; GOULD, D. Fundamentos da Psicologia do Esporte e do Exercício. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: