Tecnologia dos sonhos em Artemidoro, Freud, Jung e nos Warlpiri

Abrahão de Oliveira Santos, Tarso Ferrari Trindade

Resumo


Apresentaremos distintas tecnologias dos sonhos: em Artemidoro, Freud, Jung e nos Warlpiri. Artemidoro revela a mensagem onírica imprescindível à condução do cidadão, com os elementos das instituições, da cidade, do cosmo. Com Freud, no moderno mundo europeu, o sonho recebe o sentido da interioridade. Outra leitura é de Carl Jung. O uso dos sonhos tem seu sentido histórico, se relacionando com as práticas de governo, os modos de condução da vida e da cidade. Para além das tradições eurodescendentes e mentalistas vigentes, apresentaremos a tecnologia coletiva dos sonhos dos Warlpiri e uma nova possibilidade de lidarmos com a experiência onírica.


Palavras-chave


imagem onírica; subjetivação; tecnologia dos sonhos; gestão dos sonhos; práticas de si.

Texto completo:

PDF

Referências


ALSCHULER, L. R. Jung e política. In: YOUNG-EISENDRATH, P.; DAWSON, T. (Org.). Manual de Cambridge para estudos junguianos. Porto Alegre: Artmed, 2002. p. 261-272.

ARTEMIDORO. Sobre a interpretação dos sonhos. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2009.

DOUGLAS, C. O contexto histórico da psicologia analítica. In: YOUNG-EISENDRATH, P.; DAWSON, T. (Org.). Manual de Cambridge para estudos junguianos. Porto Alegre: Artmed, 2002. p. 41-54.

ELIAS, N. A Sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1994.

FIGUEIREDO. L. C. A Invenção do psicológico. São Paulo: Escuta/Educ, 1994.

FOUCAULT, M. História da Loucura. São Paulo: Perspectiva, 1989.

FOUCAULT, M. Sonhar com os próprios prazeres. In: ______. História da Sexualidade: o cuidado de si. São Paulo: Graal, 2009. v. 3, p. 09-42.

FREUD, S. Construções em análise (1937). In: ______. Obras Completas. [1937] Rio de Janeiro: Imago, 1975. v. XXIII, p. 289-304.

FREUD, S. Dois verbetes de enciclopédia (1922). In: ______. Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1976. Edição Standard Brasileira, v. 18, p. 285-318.

FREUD, S. Totem e Tabu (1912). In______: Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996. Edição Standard Brasileira, v. 13, p. 13-163.

FREUD, S. A interpretação dos sonhos (1900). In: _____. Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1987. Edição Standard Brasileira, v. 7, p. 11-650.

GLOWCZEWSKI, B. Les Warlpiri. Revue Chimères, n. 1. Paris: Dominique Bedou, 1987.

JUNG, C. G. Ab-reação, análise dos sonhos, transferência. Petrópolis: Vozes, 1999.

JUNG, C. G. O Eu e o inconsciente. Petrópolis: Vozes, 2002.

LAPLANCHE, J.; PONTALIS, J.-B. Vocabulário de Psicanálise (Conteúdo latente). São Paulo: Martins Fontes, 1988.

MAIA NETO, J. J. O Manejo dos Sonhos: um estudo sobre símbolos na psicologia analítica. 2010. Monografia (Especialização) – Faculdade de Psicologia, Unidade de Ensino Superior Ingá, Maringá, 2010.

PELBART, P. P. Cidade, lugar do possível. In: ______. A vertigem por um fio. São Paulo: Iluminuras, 2000. p. 43-49.

SAMUELS, A. Introdução: Jung e os pós-junguianos. In: YOUNG-EISENDRATH, P.; DAWSON, T. (Org.). Manual de Cambridge para estudos junguianos. Porto Alegre: Artmed, 2002, p. 27-37.

SANTOS, A. O. Gestão coletiva dos sonhos: elementos para uma psicologia da diferença. Mnemosine, Rio de Janeiro, v. 6, n. 2, p. 59-76, 2010.

SARTRE, J.-P. A Imaginação. Porto Alegre: LPM, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: