Concepções de pais e professores sobre a inclusão de crianças autistas

Emellyne Lima de Medeiros Dias Lemos, Nádia Maria Ribeiro Salomão, Fabiola de Sousa Braz Aquino, Cibele Shírley Agripino-Ramos

Resumo


Este estudo objetivou analisar as concepções de pais e professores acerca da criança autista e do seu processo de inclusão escolar. Participaram seis professores de escolas regulares da cidade de João Pessoa-PB e oito pais de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista. Foram realizadas entrevistas, que foram gravadas e transcritas integralmente e os dados submetidos à Análise de Conteúdo. Os resultados indicaram que os pais demonstraram expectativas voltadas para a socialização e para aprendizagens acadêmicas, enquanto os professores mencionaram em suas estratégias a adoção de práticas mais voltadas à socialização. Destacou-se também que pais, à medida que acompanham o desenvolvimento de seus filhos, e professores, a partir do contato com crianças autistas, relataram ter expectativas mais positivas em relação a estas crianças. Conhecer as concepções de pais e professores é fundamental para promover a inclusão escolar de crianças autistas, que ocorre através da participação efetiva das duas partes.


Palavras-chave


inclusão; autismo; concepções

Texto completo:

PDF

Referências


AMENDOLA, M. F. Formação em psicologia, demandas sociais contemporâneas e ética: uma perspectiva. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 34, n.4, 971-983, out.-dez. 2014. CrossRef

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. 5th Ed. Arlington: American Psychiatric Publishing, 2013.

ANACHE, A. A. Psicologia escolar e educação especial: versões, inserções e mediações. Em Aberto, Brasília, v. 23, n. 83, p. 73-93, mar. 2010. Disponível em: http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/view/2252/2219. Acesso em: 28 ago. 2013.

ANDRADA, E. G. C. Novos paradigmas na prática do psicólogo escolar. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 18, n. 2, p. 196-199, maio/ago. 2005. CrossRef

ASSUMPÇÃO JR. et al. Reconhecimento facial e autismo. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, São Paulo, v. 57, n. 4, p. 944-949, dez. 1999. CrossRef

ASSUMPÇÃO JR., F. B.; PIMENTEL, A. C. M. Autismo infantil. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 22, supl. 2, p. 37-39, 2000. CrossRef

BAPTISTA, C. R.; BOSA, C. A. Autismo e Educação: reflexões e propostas de intervenção. Porto Alegre: Artes Médicas, 2002.

BARBOSA, A. J.; CONTI, C. F. Formação em psicologia e educação inclusiva: um estudo transversal. Psicol. Esc. Educ. Maringá, v. 15, n. 2, p. 231-234, dez. 2011. CrossRef

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BARON-COHEN, S. Autism and Asperger syndrom. Oxford: Oxford University Press, 2008.

BATISTA, M.; ENUMO, S. Inclusão escolar e deficiência mental: análise da interação social entre companheiros. Estudos de Psicologia, Natal, v. 9, n. 1, p. 101-111, jan.-abr. 2004. CrossRef

BORGES, M. Autismo – um silêncio ruidoso: perspectiva empírica sobre o autismo no sistema regular de ensino. 2000. 117 f. Monografia (Curso de estudos superiores especializados em educação especial)-Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada, Almada, 2000.

BOSA, C. A. Autismo: intervenções psicoeducacionais. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 28, supl. 1, p. 47-53, maio 2006. CrossRef

BOSA, C.; CALLIAS, M. Autismo: breve revisão de diferentes abordagens. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 13, n. 1, p. 167-177, 2000. CrossRef

BOYD, B. A. et al. Relationships among repetitive behaviors, sensory features, and executive functions in high functioning autism. Research in Autism Spectrum Disorders, v. 3, n. 4, p. 959-966, Oct-Dec. 2009. CrossRef

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm. Acesso em: 22 ago. 2013.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 22 ago. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva: documento elaborado pelo Grupo de Trabalho nomeado pela Portaria Ministerial nº 555, de 5 de junho de 2007, prorrogada pela Portaria nº 948, de 09 de outubro de 2007. 2007. Disponível em: http://peei.mec.gov.br/arquivos/politica_nacional_educacao_especial.pdf. Acesso em: 22 ago. 2013.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista; e altera o § 3o do art. 98 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990. 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12764.htm. Acesso em 24 ago. 2013.

CAMARGO, E. A. A.; TOREZAN, A. M. Interlocução entre pais e profissionais da área da educação especial e suas concepções sobre a deficiência mental. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 10, n. 3, p. 337-354, set./dez. 2004.

CAMARGO, S. P. H.; BOSA, C. A. Competência social, inclusão escolar e autismo: um estudo de caso comparativo. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 28, n. 3, p. 315-324, jul./set. 2012. CrossRef

CARVALHEIRA, G.; VERGANI, N.; BRUNONI, D. Genética do autismo. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 26, n. 4, p. 270-272, dez. 2004. CrossRef

CHOTO, M. C. Autismo infantil: el estado de la questión. Revista Ciencias Sociales Universidad de Costa Rica, v. 116, n. 2, p. 169-180, 2007. CrossRef

COLOMBI, C., et al. Examining correlates of cooperation in autism: Imitation, joint attention, and understanding intentions. Autism, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 143-163, Mar. 2009. CrossRef

DAZZANI, M. V. M. A psicologia escolar e a educação inclusiva: uma leitura crítica. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 30, n. 2, p. 362-375, 2010. CrossRef

DUMAS, J. E. Psicopatologia da infância e da adolescência. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2011.

ELSABBAGH, M., et al. Global Prevalence of Autism and Other Pervasive Developmental Disorders. Autism Research, [S.l.], v. 5, n. 3, p. 160-179, 2012. CrossRef

FERNANDES, F. D., et al. Fonoaudiologia e autismo: resultado de três diferentes modelos de terapia de linguagem. Pró-Fono Revista de Atualização Científica, Barueri, v. 20, n. 4, p. 267-72, out./dez. 2008. CrossRef

FERREIRA, M. Aspectos de intervenção na área de educação física escolar e política inclusiva. In: RIBEIRO, M.; BAUMEL, R. (Org.). Educação Especial: do querer ao fazer. São Paulo: Avercamp, 2003. p. 121-132.

FERREIRA, S. O enigma da inclusão: das intenções às práticas pedagógicas. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 33, n. 3, p. 543-560, set./dez., 2007. CrossRef

FIAES, C. S.; BICHARA, D. Brincadeiras de faz-de-conta em crianças autistas: limites e possibilidades numa perspectiva evolucionista. Revista Estudos de Psicologia, Natal, v. 14, n. 3, p. 231-238, set./dez. 2009. CrossRef

FIORE-CORREIA, O.; LAMPREIA, C. A conexão afetiva nas intervenções desenvolvimentistas para crianças autistas. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 32, n. 4, p. 926-941, 2012. CrossRef

GARTON, A. F. Social Interaction and the development of language and cognition. Hillsdale, USA: Lawrence Erlbaum, 1992.

GOMES, C.; SOUZA, V. L. T. Educação, Psicologia Escolar e Inclusão: aproximações necessárias. Revista Psicopedagogia, São Paulo, v. 28, n. 86, p. 185-193, 2011. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862011000200009. Acesso em: 22 ago. 2013.

GÓMEZ, S. L.; TORRES, R. S. R.; ARES, E. M. T. Revisiones sobre el autismo. Revista Latinoamericana de Psicologia, Bogotá, v. 41, n. 3, p. 555-570, 2009. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0120-05342009000300011&lng=pt&nrm=iso&tlng=es. Acesso em: 22 set. 2013.

GUPTA, A. R.; STATE, M. W. Autismo: genética. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 28, supl. 1, p. 29-38, maio 2006. CrossRef

HAPPÉ, F.; RONALD, A.; PLOMIN, R. Time to give up on a single explanation for autism. Nature Neuroscience, [S.l.], v. 9, n. 10, p. 1218-1220, Oct. 2006. CrossRef

HOBSON, P. The Cradle of thought: Exploring the origins of thinking. Oxford: Oxford University Press, 2004.

KANNER, L. Autistic disturbance of affective contact. Nervous Child, [S.l.], v. 2, p. 217-250, 1943.

KLIN, A. Autismo e síndrome de Asperger: uma visão geral. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 28, supl.1, p. 3-11, 2006. CrossRef

LAGO, M. Autismo na escola: ação e reflexão do professor. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação)-Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, 2007.

LAMPREIA, C. Os enfoques cognitivista e desenvolvimentista no autismo: uma análise preliminar. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p. 111-120, 2004. CrossRef

LAMPREIA, C. A perspectiva desenvolvimentista para a intervenção precoce no autismo. Estudos de Psicologia (Campinas), Campinas, v. 24, n. 1, p. 105-114, jan.-mar. 2007. CrossRef

LAMPREIA, C. Perspectivas da pesquisa prospectiva com bebês irmãos de autistas. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 29, n. 1, p. 160-171, 2009. CrossRef

LIRA, S. M. Escolarização de alunos autistas: histórias de sala de aula. 2004. Dissertação (Mestrado em Educação)-Centro de Educação e Humanidades, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.

LOURENÇO, E. Conceitos e práticas para refletir sobre a educação inclusiva. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. Série Cadernos da Diversidade.

MACHADO, M. G. et al. Alterações anátomo-funcionais do sistema nervoso central no transtorno autístico: um estudo com RNM e SPECT. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, São Paulo, v. 61, n. 4, p. 957-961, dez. 2003. CrossRef

MACEDO, M. C. et al. Histórico da inclusão escolar: uma discussão entre texto e contexto. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 19, n. 2, p. 179-189, abr./jun. 2014. CrossRef

MARTINEZ, A. M. Psicologia escolar e educacional: compromissos coma educação brasileira. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, Campinas, v. 13, n. 1, p. 169-177, jan./jun. 2009. CrossRef

MATTOS, L. K.; NUERNBERG, A. H. Reflexões sobre a inclusão escolar de uma criança com diagnóstico de autismo na educação infantil. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 24, n. 39, p. 129-142, jan./abr. 2011. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/1989. Acesso em: 11 ago. 2013.

MITCHELL, P.; O’KEEFE, K. Brief report: do individuals with autism spectrum disorder think they know their own minds? Journal of Autism and Developmental Disorders, [S.l.], v. 38, n. 8, p. 1591-1597, 2008. CrossRef

MOMBERGER, M. M. Inclusão no ensino superior: itinerários de vidas de acadêmicos com necessidades educacionais especiais. 2007. Dissertação (Mestrado)-Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

ORRÚ, S. E. Autismo, linguagem e educação: interação social no cotidiano escolar. Rio de Janeiro: Wak, 2007.

PANERAI, S. et al. Special education versus inclusive education: the role of the TEACCH program. Journal of Autism and Developmental Disorders, [S.l.], v. 39, n, 6. p. 874-882, Jun. 2009. CrossRef

PEREIRA, A; RIESGO, R. S.; WAGNER, M. B. Autismo infantil: tradução e validação da Childhood Autism Rating Scale para uso no Brasil. Jornal de Pediatria, Porto Alegre, v. 84, n. 6, p. 487-494, nov./dez. 2008. CrossRef

RIBAS JR., R. C.; SEIDL-DE-MOURA, M. L.; BORNSTEIN, M. H. Cognições maternas acerca da maternidade e do desenvolvimento humano: uma contribuição ao estudo da psicologia parental. Revista Brasileira Crescimento e Desenvolvimento Humano, São Paulo, v. 17, n. 1, p. 104-113, abr. 2007. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/jhgd/article/view/19819. Acesso em: 13 ago. 2013.

RIBEIRO, M. Perspectivas da escola inclusiva: algumas reflexões. In: RIBEIRO, M.; BAUMEL, R. (Org.). Educação especial: do querer ao fazer. São Paulo: Avercamp, 2003. p. 41-51.

RIVIÈRE, Á. O autismo e os transtornos globais do desenvolvimento. In: COLL, C.; MARCHESI, A.; PALACIOS, J. (Org.). Desenvolvimento psicológico e educação. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004. v. 3, p. 234-254.

ROSIN-PINOLA, A. R.; DEL PRETTE, Z. A. Inclusão escolar, formação de professores e a assessoria baseada em habilidades sociais educativas. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 20, n. 3, p. 341-356, jul./set. 2014. CrossRef

SANINI, C.; SIFUENTES, M.; BOSA, C. A. Competência social e autismo: o papel do contexto da brincadeira com pares. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 29, n. 1, p. 99-105, jan./mar. 2013. CrossRef

SANT’ANA, I. M. Educação inclusiva: concepções de professores e diretores. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 10, n. 2, p. 227-234, maio-ago. 2005. CrossRef

SEIDL-DE-MOURA, M. L. et al. Conhecimento sobre desenvolvimento infantil em mães primíparas de diferentes centros urbanos do Brasil. Estudos de Psicologia, Natal, v. 9, n. 3, p. 421-429, set./dez. 2004. CrossRef

SEKKEL, M. C.; ZANELATTO, R; BRANDÃO, S. B. Ambientes inclusivos na educação infantil: possibilidades e impedimentos. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 15, n. 1, p. 117-126, jan.-mar. 2010. CrossRef

SERENO, D. Acompanhamento terapêutico e educação inclusiva. Psychê, São Paulo, v. 10, n. 18, p. 167-179, set. 2006. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-11382006000200016. Acesso em: 20 jul. 2013.

SIFUENTES, M.; BOSA, C. A. Criando pré-escolares com autismo: características e desafios da coparentalidade. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 15, n. 3, p. 477-485, set. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pe/v15n3/v15n3a05.pdf. Acesso em: 24 ago. 2013.

SILVA, A. M.; MENDES, E. G. Psicologia e inclusão escolar: novas possibilidades de intervir preventivamente sobre problemas comportamentais. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 18, n. 1, p. 53-70, jan./mar. 2012. CrossRef

SILVA, M. A análise de necessidades na formação contínua de professores: um contributo para a integração e inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais no ensino regular. In: RIBEIRO, M.; BAUMEL, R. (Org.). Educação especial: do querer ao fazer. São Paulo: Avercamp, 2003. p. 53-69.

SILVA, M.; MULICK, J. A. Diagnosticando o transtorno autista: aspectos fundamentais e considerações práticas. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 29, n. 1, p. 116-131, 2009. CrossRef

TAMANAHA, A. C.; PERISSINOTO, J.; CHIARI, B. M. Uma breve revisão histórica sobre a construção dos conceitos do autismo infantil e da síndrome de Asperger. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 296-299, 2008. CrossRef

TESSARO, N. S. et al. Inclusão escolar: visão de alunos sem necessidades educativas especiais. Psicologia Escolar e Educacional, Campinas, v. 9, n. 1, p. 105-115, jun. 2005. CrossRef

TONELLI, A. Autismo, teoria da mente e o papel da cegueira mental na compreensão de transtornos psiquiátricos. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 126-134, 2011. CrossRef

VYGOTSKY, L. S. Formação social da mente. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: