Oskar Pfister e a crítica à concepção freudiana de Religião

Fabiano Veliq

Resumo


A crítica que Freud faz à religião permeia toda a sua obra de forma que podemos afirmar que a questão religiosa se mostra uma grande questão para ele. No entanto, percebe-se que a visão que Freud tem da religião é bastante reducionista e isso fica bastante claro em diversos textos desse autor. Oskar Pfister se coloca como um grande debatedor da questão religiosa no início do movimento psicanalítco evidenciando as diversas lacunas na visão freudiana da Religião. Esse artigo se propõe a mostrar a crítica feita por Pfister à concepção freudiana de Religião visando com isso trazer elementos para o debate entre psicanálise e religião.


Palavras-chave


religião; psicanálise; fé; racionalidade

Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA SAGRADA. Tradução de King James. Disponível em: https://www.bibliaonline.com.br/kjv. Acesso em: 21 maio 2015.

FREUD, S. Totem e Tabu (1913). Rio de Janeiro: Imago, 2006. Obras Completas, v. 13.

FREUD, S. O futuro de uma ilusão (1927). Rio de Janeiro: Imago, 1976. Obras Completas, v. 21.

FREUD, S. O mal-estar da civilização (1930). Rio de Janeiro: Imago, 1976. Obras Completas, v. 21.

FREUD, S. Moisés e o Monoteísmo (1939). Rio de Janeiro: Imago, 1976. Obras Completas, v. 23.

FREUD, S. Cartas entre Freud e Pfister (1909-1939): um diálogo entre a Psicanálise e a fé cristã. Belo Horizonte: Ultimato, 2009.

FROMM, E. Psicanálise e Religião. Tradução e prefácio de Tracy Doyle. 3. ed. Rio de Janeiro: Livro Ibero-Americano, 1966.

MORANO, C. D. Psicanálise e Religião: um diálogo interminável – Sigmund Freud e Oskar Pfister. Tradução de Eduardo Dias Gontijo. São Paulo: Loyola, 2008.

PFISTER, O. A ilusão de um futuro. In: WONDRACEK, K. H. K. (Org.). O futuro e a ilusão: um embate com Freud sobre Psicanálise e Religião. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. p. 17-56.

QUELBANI, M. O círculo de Viena. São Paulo: Parábola, 2009. Coleção Episteme, v. 3.




DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v30i2/5503

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: