Contribuições do método de Eduardo Coutinho para a Psicologia do Trabalho e Organizacional

Julliana Diniz Peixoto, Anísio José da Silva Araújo, Ivo Júnior Celestino Ferreira, Paulo César Zambroni-de-Souza

Resumo


Esse artigo procura explorar possibilidades metodológicas para a Psicologia do Trabalho e das Organizações (PT&O) a partir da obra de Eduardo Coutinho. Nesse sentido, buscou-se confrontar posturas metodológicas desse cineasta com as de certa tradição da PT&O. Com tal objetivo, realizou-se um resgate da literatura sobre esse diretor e de sua filmografia, assim como do método que desenvolveu. Várias convergências foram identificadas: a valorização da vivência subjetiva dos sujeitos/personagens; o vídeo como meio para provocar a expressão e o diálogo; a palavra como via de apropriação da experiência. Espera-se que esse estudo avance para que a PT&O usufrua cada vez mais do patrimônio de Eduardo Coutinho.


Palavras-chave


método; Eduardo Coutinho; Psicologia do Trabalho e das Organizações

Texto completo:

PDF

Referências


A FALECIDA. Direção: Leon Hirszman. Rio de Janeiro: Herbert Richers Produções Cinematográficas, 1965. 1 DVD (90 min).

A FAMÍLIA de Elizabeth Teixeira. Direção: Eduardo Coutinho. [S.l.: s.n.], 2014. 1 DVD (64 min).

A LEI e a vida. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: [s.n.], 1992. 1 DVD (35 min). Disponível em: https://youtu.be/FuxH2X6W9bo. Acesso em: 21 maio 2017.

AS CANÇÕES. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: VideoFilmes, 2011. 1 DVD (90 min).

BABILÔNIA 2000. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: CECIP, 1999. 1 DVD (80 min).

BARATTA, R. La video comme outil d’intervention pour l’analyse du travail. In: TEIGER, C.; LACOMBLEZ, M. (Coord.) (Se) Former pour transformer le travail? Dynamiques de constructions d’une analyse critique du travail. Laval: PUL, 2013. p. 492-494.

BENDASSOLI, P.; SOBOLL, L. A. (Org.). Clínicas do trabalho: novas perspectivas para compreensão do trabalho na atualidade. São Paulo: Atlas, 2011.

BENDASSOLI, P.; SOBOLL, L. A. (Org.). Métodos de pesquisa e intervenção em psicologia do trabalho: clínicas do trabalho. São Paulo: Atlas, 2014.

BERNARDET, J. C. Cineastas e imagens do povo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

BOCA do lixo. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: [s.n.], 1992. 1 DVD (50 min).

BRAGANÇA, F. (Org.). Eduardo Coutinho: encontros. Rio de Janeiro: Beco do Azougue, 2008.

CABRA marcado para morrer. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: Mapa Filmes e Eduardo Coutinho Produções Cinematográficas, 1984. 1 DVD (119 min).

CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL. Memória do Cinema Documentário Brasileiro: histórias de vida. Eduardo Coutinho. 2012. Disponível em: http://cpdoc.fgv.br/memoria-documentario/eduardo-coutinho. Acesso em: 13 de maio 2016.

CLOT, Y.; FAÏTA, D. Gêneros e estilos em análise do trabalho: conceitos e métodos. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 25, n. 2, p. 33-60, maio/ago. 2016.

DONA Flor e seus dois maridos. Direção: Bruno Barreto. [S.l.]: Carnaval Unifilm, 1976. 1 DVD (110 min).

EDIFÍCIO Master. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: VideoFilmes, 2002. 2 DVDs (110 min).

EDUARDO Coutinho. In: MNEMOCINE. Aruanda. [ca. 2003]. Disponível em: http://www.mnemocine.com.br/aruanda/coutinho.htm. Acesso em: 13 maio 2016.

FÉRNANDEZ, G.; CLOT, Y. Entrevistas en auto-confrontación: un método en clínica de la actividad. Informática na Educação: teroria & prática, Porto Alegre, v.13, n. 1, p. 11-16, jan./jun. 2010.

FROCHTENGARTEN, F. A entrevista como método: uma conversa com Eduardo Coutinho. Psicologia USP, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 125-138, jan./mar. 2009.

GAROTA de Ipanema. Direção: Leon Hirszman. Rio de Janeiro: Saga Filmes, 1967. 1 DVD (90 min).

GUÉRIN, F. et al. Compreender o trabalho para transformá-lo: a prática da Ergonomia. São Paulo: Edgard Blücher, 2001.

JOGO de cena. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: VideoFilmes, 2007. 1 DVD (100 min).

KOSTULSKI, K. A linguagem na análise da atividade: formas de realização e funções psicológicas. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v. 6, n. especial, p. 59-68, 2013.

LACOSTE, M. Filmer pour analyser: l’importance du voir dans les micro-analyses du travail. Filmer le travail: recherche et réalisation. Champ Visuels. Revue Interdisciplinaire de recherches sur l’image, n. 6, p. 10-17, sept. 1997.

LHUILIER, D. Cliniques du travail. Nouvelle revue de psychosociologie, v. 1, n. 1, p. 179-193, 2006. doi: 10.3917/nrp.001.0179

LHUILIER, D. Filiações teóricas das clínicas do trabalho. In: BENDASSOLLI, P. F.; SOBOLL, L. A. P. (Org.). Clínicas do trabalho: novas perspectivas para compreensão do trabalho na atualidade. São Paulo: Atlas, 2011. p. 22-58.

LINS, C. O documentário de Eduardo Coutinho: televisão, cinema e vídeo. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2004a.

LINS, C. O cinema de Eduardo Coutinho: uma arte do presente. In: TEIXEIRA, F. (Org.). Documentário no Brasil: tradição e transformação. São Paulo: Summus, 2004b. p. 179-198.

LINS, C.; MESQUITA, C. Filmar o real: sobre o documentário brasileiro contemporâneo. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2011.

MOLINIER, P.; FLOTTES, A. Travail et santé mentale: approches cliniques. Travail et emploi, n. 129, p. 51-66, 2012.

MONTMOLLIN, M. (Dir.). Verbalisations provoquées. In: ______. Vocabulaire de l’Ergonomie. 2. ed. Toulouse: Octarès, 1997.

O FIM e o princípio. Direção: Eduardo Coutinho. [S.l. : s.n.], 2005. 1 DVD (110 min).

O FIO da memória. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: [s.n.], 1991. 1 DVD (115 min).

O JOGO da dívida. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: Cecip, 1990. 1 DVD (58 min).

OS ROMEIROS do Padre Cícero. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: [s.n.], 1994. 1 DVD (37 min).

PÈLEGRIN, B. Sur l’autoconfrontation: vous avez dit «croisee ?». Ergologia, n. 5, p. 107-145, mar. 2011.

PEÕES. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: VideoFilmes, 2004. 1 DVD (85 min).

RIBEIRO, B. C. Trabalho e gestão através do cinema. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais)–Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2013.

SACRAMENTO, I. Depois da revolução, a televisão: cineastas de esquerda no jornalismo televisivo dos anos 1970. 2008. 318 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Cultura)–Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2008.

SALLES, J. M. Prefácio. In: LINS, C. O documentário de Eduardo Coutinho: televisão, cinema e vídeo. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2004. p. 7-10.

SANTA Marta: duas semanas no morro. Direção: Eduardo Coutinho. Produção: Frederico Morais. Rio de Janeiro: [s.n.], 1987. 1 DVD (54 min).

SANTO forte. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: CECIP, 1999. 1 DVD (80 min).

SCHWARZ, R. Que horas são? Ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

ÚLTIMAS conversas. Direção: Eduardo Coutinho. Rio de Janeiro: VideoFilmes, 2015. 1 DVD (87 min).

UM dia na vida. Direção: Eduardo Coutinho. [S.l.: s.n.], 2010. 1 DVD (94 min).

VOLTA Redonda – Memorial da greve. Direção: Eduardo Coutinho. 1989. Rio de Janeiro: [s.n.], 1989. 1 DVD (39 min).




DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v30i2/5879

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: