Sociedades de Controle e Crise da Imagem - Ação: Mapeando Conexões

Marcelo Carvalho

Resumo


O que a emergência das sociedades de controle (SCon) sobre as sociedades de disciplina (SDis) e a crise da imagem-ação no cinema, ambas identificadas pelo filósofo Gilles Deleuze, têm em comum? Haveria alguma conexão, além do aparecimento das duas crises a céu aberto ao término da Segunda Grande Guerra Mundial (SGGM) após um longo processo de maturação? Este artigo se propõe a mapear as duas passagens, estabelecendo suas relações subjacentes.


Palavras-chave


imagem; sociedade de controle; cinema; Deleuze

Texto completo:

PDF

Referências


BERGSON, Henri. Matéria e Memória. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

DELEUZE, Gilles. A Imagem-Movimento. São Paulo: Brasiliense, 1985.

DELEUZE, Gilles. A Imagem-Tempo. São Paulo: Brasiliense, 1990.

DELEUZE, Gilles. Post Scriptum sobre as sociedades de controle. In DELEUZE, Gilles. Conversações – 1972-1990. Rio de Janeiro: Editora 34, 1992.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: história da violência nas prisões. Petrópolis: Editora Vozes, 1987.

KRACAUER, Siegfried. De Caligari a Hitler – Uma História Psicológica do Cinema Alemão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1988.




DOI: https://doi.org/10.22409/gambiarra.v1i1.30305

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1984-4565