Pinturas de paisagens e o registro dos impactos das fontes de energia nas paisagens geográficas

Jacqueline Myanaki, Rosângela Dalla Corte

Resumo


Este artigo apresenta a análise iconográfica de pinturas de paisagens, em sua maioria de artistas brasileiros renomados, cuja obra permite inferir impactos que a ampliação da exploração das fontes de energia e o uso de energia elétrica vêm imprimindo nas paisagens geográficas desde o início do século XX. O estudo destas imagens proporciona a ampliação da percepção sobre as transformações na paisagem geográfica, os impactos registrados nas paisagens urbanas e as modificações resultantes dos novos arranjos espaciais condicionados pelo uso de energia elétrica. As imagens ainda possibilitaram a identificação de registros históricos de paisagens pré-impactadas e paisagens que demonstram potencial para a exploração de fontes renováveis de energia.


Palavras-chave


Paisagem geográfica, Arte, Fontes de energia, Impactos

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Ana Amália Tavares Bastos. Releitura, citação, apropriação ou o quê? In: BARBOSA, Ana Mae (Org.). Arte/Educação contemporânea: consonâncias internacionais. São Paulo: Cortez, 2005, 432. p. 143-149.

BERQUE, Augustin. Paysage et Modernité. Notes de lecture em forme d’hypothèse. L’Espace Géographique, Paris, n. 2, p. 137-139.

BRASIL. Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Atlas de energia elétrica do Brasil. Parte II (Fontes Renováveis), nº 5 (Outras Fontes). Brasília, 3ªed. 2008. Disponível em: . Acesso em: 2011.

CAUQUELIN, Anne. A invenção da Paisagem. Tradução de Marcos Marcionilo. São Paulo: Martins: 2007.

CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. (Orgs.). Introdução à Geografia Cultural. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 2003.

CORRÊA, Roberto Lobato; ROSENDAHL, Zeny. Paisagem, tempo e cultura. 2ed. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2004.

FUNDAÇÃO IPARDES. Impacto Ambiental de Itaipu. Curitiba, 1981, 3v.

MONTEIRO, Carlos Augusto de Figueiredo. Geografia Sempre: O Homem e seus Mundos. Campinas: Edições Territorial, 2008.

MYANAKI, Jacqueline. Geografia e Arte no Ensino Fundamental: reflexões teóricas e procedimentos metodológicos para uma leitura da paisagem geográfica e da pintura abstrata. 2008. 236f. Tese (Doutorado) — Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2008.

NOVIS, Vera. Antônio Bandeira, um raro. Rio de Janeiro: Salamandra, 1996.

ROGER, Alain. Court traité du paysage. Paris: Éditions Gallimard, 1997.




DOI: https://doi.org/10.22409/geograficidade2014.41.a12892

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Geograficidade

 

 

Logotipo do Crossref Licença Creative Commons

Todos os textos da revista Geograficidade, do Grupo de Pesquisa Geografia Cultural Humanista estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.