O sentimento na música: o sertão nordestino de Luiz Gonzaga em Asa Branca

Heitor Matos da Silveira

Resumo


A música passa a pureza e o sentimento do cantor para o ouvinte, um amor a seu lugar ou por alguém. Em Asa Branca, Luiz Gonzaga expõe as condições físicas e climáticas que assolam negativamente o sertão nordestino e faz com que eles se desloquem para outros espaços sem valor. A estes deixados, se tornam lugares, onde o sentimento toma conta do âmago do nordestino que o faz ter lembranças e vontade de voltar a esse lugar, esse sertão que está enraizado em seu ser. Para este ensaio, O Homem e a Terra de Dardel e Topofilia de Tuan se fazem essenciais para entender o sentimento que Luis Gonzaga ao sertão que lhe pertence.


Palavras-chave


Geografia Humanista. Sentimento. Geograficidade. Topofilia.

Texto completo:

PDF

Referências


DARDEL, Eric. O Homem e a Terra: natureza da realidade geográfica. (Trad. Werther Holzer) São Paulo: Perspectiva, 2011.

GONZAGA, Luís. Asa Branca. Disponível em: . Acesso em: 05 jul. 2013.

HOLZER, Werther A influência de Eric Dardel na construção da Geografia Humanista norte americana. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEÓGRAFOS, 16., Porto Alegre, 2010. Anais... Porto Alegre: AGB, 2011. p. 1-11.

______. O Lugar na Geografia Humanista. Revista Território, Rio de Janeiro, v. 4, n. 7, p. 67-78, jul./dez. 1999.

SAINT-EXUPÉRY, Antoine. Terra dos homens. 19. ed. (Trad. Rubem Braga) Rio de Janeiro: José Olympio, 1976.

TUAN, Yi-Fu. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. (Trad. Lívia de Oliveira) Londrina: EDUEL, 2012.




DOI: https://doi.org/10.22409/geograficidade2014.41.a12893

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Geograficidade

 

 

Logotipo do Crossref Licença Creative Commons

Todos os textos da revista Geograficidade, do Grupo de Pesquisa Geografia Cultural Humanista estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.