Os verbos e nomes do viajar: por uma geografia do deslocamento / The verbs and names of travelling: by a geography of displacement

Fernanda Ribeiro Amaro, Carlos Rodrigues Brandão

Resumo


Este artigo aborda viagens, nomadismos e outros deslocamentos, enquanto ações que incitam a construção subjetiva de referenciais geográfico-afetivas, numa geografia que se expressa a partir do indivíduo enquanto escala de análise, que se soma aos estudos da Geografia Humanística e Cultural. Deslocamentos geram conhecimento sobre os espaços, transmitidos pela subjetividade também expressa em escritos de viajantes, entre verbos e nomes do viajar.

O sentido da espacialidade tomada em deslocamento é dado em forma de sentimentos e percepções, que poderiam ser compostos como arte e como ciência. Ao entender a arte enquanto resultado de um emaranhado de referências sociais, políticas, espaciais e pessoais. Portanto, a viagem é um dado subjetivo e objetivo e possui caráter individual e coletivo, manifestada por uma linguagem simbiótica e reprocessual com o meio, entre sons, gestos, objetos e imagens, enquanto expressão subjetiva e técnica de uma relação sociedade-indivíduo e indivíduo-espaço.

 


Palavras-chave


Viajantes, Geografia Humanista, Fenomenologia, Escritos de Viagem

Texto completo:

PDF

Referências


ARGAN, Giulio. A história da arte como história da cidade. São Paulo: Martins Editora, 2005.

BENJAMIN, Walter. O Narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BERGSON, Henri. Matéria e Memória. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

BUBER, Martin. EU-TU. Tradução Newton Aquiles Von Zuben. 2 ed. São Paulo: Moraes, 1974.

CLIFFORD, James. Tour: travel and translation in the Late Twentieth Century. Massachusetts: Harvard University Press, 1997.

DARDEL, Eric. O Homem e a Terra. trad. Werther Holzer. Rio de Janeiro: Perspectiva, 2011.

DIEGO, Estrella de. Contra el Mapa: disturbios en la geografía colonial de Occidente. Madrid: Siruela, 2008.

FLUSSER, Villém. Bodenlos: uma autobiografia filosófica. São Paulo: Annablume, 2007.

FLUSSER, Villém. Filosofia da caixa preta: Ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.

GEERTZ, Clifford. A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

FERRARA, Lucrécia D’Alessio. Ver a cidade. São Paulo: Nobel, 1988.

MAFESSOLI, Michel. Sobre o Nomadismo: vagabundagens pós-modernas. Tradução Marcos de Castro. Rio de Janeiro: Record, 2001.

ONFRAY, Michel. Teoria da Viagem: poética da geografia. Tradução Paulo Neves. Porto Alegre: L&PM, 2009.

REYNOSO, Carlos (org.). El Surgimiento de la Antropología Posmoderna por Clifford Geertz e James Clifford y otros. Tradução Carlos Reynoso. 4. ed. Barcelona: Editorial Gedisa, 1998.

ONFRAY, Michel. Teoria da Viagem: poética da geografia. Tradução Paulo Neves. Porto Alegre: L&PM, 2009.

MAFESSOLI, Michel. Sobre o Nomadismo: vagabundagens pós-modernas. Tradução Marcos de Castro. Rio de Janeiro: Record, 2001.

ROLNIK, Suely; GUATTARI, Felix. Micropolíticas: cartografias do desejo. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

ROSA, João Guimarães Rosa. Grande Sertão: Veredas. São Paulo: Nova Fronteira, 2006.

SAID, Edward. Orientalismos: o oriente como invenção do ocidente (Edição de Bolso). Tradução Rosaura Eichenberg. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

STEIL, Carlos Alberto; CARVALHO, Isabel Cristina de Moura. (org.). Cultura, Percepção e Ambiente: diálogos com Tim Ingold. São Paulo: Terceiro Nome, 2012 – (Coleção Antropologia Hoje).

TUAN, Yi-FU. Espaço & Lugar: A Perspectiva da Experiência. DIFEL: São Paulo, 1983.

TUAN, Yi-FU. Topofilia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1980.




DOI: https://doi.org/10.22409/geograficidade2014.42.a12899

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Geograficidade

 

 

Logotipo do Crossref Licença Creative Commons

Todos os textos da revista Geograficidade, do Grupo de Pesquisa Geografia Cultural Humanista estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.