''O gado sempre vai ao cocho'': vínculos e tensões na dialética sujeito-lugar em "Lavoura arcaica" / “The cattle always go trough”: attachments and tensions in the subject-place dialetics at “Ancient tillage”

Carlos Roberto Bernardes de Souza Júnior, Maria Geralda Almeida

Resumo


Configurada como obra outsider ao período em que foi lançada, 1975, “Lavoura Arcaica” de Raduan Nassar discute questões concernentes aos arcaicos conflitos humanos no âmbito do lar. Em confronto ao patriarcado do lar, o pathos subversivo de André ocasiona em rupturas no lugar. Pelos vínculos de ancestralidade, paixão, corporeidade e natureza, André evidencia relações que desdobram um cotidiano familiar. O artigo centra-se na interpretação da inseparabilidade de pessoas-ou-pessoa-experienciando-lugar, correlacionando a dialética sujeito-lugar. Entremeado pelo corpo, as forças desejantes dos sujeitos se contrapõem na proposição de outras formas e substancializações de lugar. Destarte, identifica-se que as tensões e vínculos manifestam-se como maneiras de viver e reconstituir o lugar formulado no seio do habitar.


Palavras-chave


Irreverência. Lugar. Habitar. Geografia e Literatura.

Texto completo:

PDF

Referências


ABATI, H. M. F. Da Lavoura Arcaica: fortuna crítica, análise e interpretação da obra de Raduan Nassar. 1999, 188f. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários). Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 1999.

BROWN, B. B.; PERKINS, D. D. Disruptions in place attachment. In: ALTMAN, I.; LOW, S. M. (Orgs.) Place Attachment. New York: Plenum Press, 1992, p.279-304.

CASEY, E. S. Body, Self and Landscape: A geophilosophical inquiry into the Place-World. In: ADAMS, P. C.; HOELSCHER, S.; TILL, K. E. (Orgs.) Textures of place: exploring humanist geographies. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2001, p.403-425.

CHEUNG, C. Separation and connection: phenomenology of Door and Window. In: CARR, D.; CHAN-FAI, C. (Orgs.) Contributions to phenomenology: Space, Time and Culture. Amsterdan: Springer science+business, 2004, p.253-262.

DARDEL, E. O Homem e a Terra: natureza da realidade geográfica. São Paulo: Perspectiva, 2011.

HUMMON, D. M. Community Attachment: local sentiment and the sense of place. In: ALTMAN, I.; LOW, S. M. (Orgs.) Place Attachment. New York: Plenum Press, 1992, p.253-278.

LANG, R. The dwelling door: towards a phenomenology of transition. In: SEAMON, D.; MUGERAUER, R. (Orgs.) Dwelling, place and environment: towards a phenomenology of person and world. Dordrecht: Martinus Nijhoff Publishers, 1985, p.201-214.

MARANDOLA JR, E.; GRATÃO, L. H. B. Geograficidade, poética e imaginação. In: MARANDOLA JR, E.; GRATÃO, L. H. B. (Orgs.) Geografia e Literatura: ensaios sobre geograficidade, poética e imaginação. Londrina: EDUEL, 2010, p.7-15.

MERLEAU-PONTY, M. As aventuras da dialética. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

MERLEAU-PONTY, M. A prosa do mundo. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

MERLEAU-PONTY, M. O olho e o espírito. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

MERLEAU-PONTY, M. O visível e o invisível. São Paulo: Perspectiva, 2014.

MERLEAU-PONTY, M. O primado da percepção e suas consequências filosóficas. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

MIHAYLOV, N.; PERKINS, D. D. Community place attachment and its role in social capital development. In: MANZO, L. C.; DEVINE-WRIGHT, P. (Orgs.). Place Attachment: advances in theory, methods and applications. Abingdon: Routledge, 2014, p. 61-74.

MORRIS, D. The sense of space. Albany: State University of New York Press, 2004.

NASSAR, R. Lavoura arcaica. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

RELPH, E. Place and placelessness. London: Pion Limited, 1976.

RISBETH, C. Articulating transnational attachments through on-site narratives. In: MANZO, L. C. (Org.); DEVINE-WRIGHT, P. (Org.) Place Attachment: advances in theory, methods and applications. Abingdon: Routledge, 2014, p. 100-111.

RODRIGUES, A. L. Ritos da paixão em Lavoura Arcaica. São Paulo: Editora da USP, 2006.

SEAMON, D. A Geography of the lifeworld: movement, rest and encounter. London: Croom Helm, 1979.

SEAMON, D. Reconciling old and new worlds: the dwelling-journey relationship as portrayed in Vilheim Moberg’s ‘Emigrant’ novels. In: SEAMON, D.; MUGERAUER, R. (Orgs.). Dwelling, place and environment: towards a phenomenology of person and world. Dordrecht: Martinus Nijhoff Publishers, 1985, p.227-246.

SEAMON, D. Place attachment and phenomenology: The synergistic dynamism of place. In: MANZO, L. C.; DEVINE-WRIGHT, P. (Orgs.). Place Attachment: advances in theory, methods and applications. Abingdon: Routledge, 2014, p. 11-22.

SILVA, A. C. De quem é o pedaço? São Paulo: Hucitec, 1986.

SOUZA, J. R. Discurso e subjetividade em Lavoura Arcaica. 2012, 108f., Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Montes Claros. Montes Claros, 2012.

TUAN, Y. Segmented Worlds and Self: Group life and individual consciousness. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1982.

TUAN, Y. Passing strange and wonderful: aesthetics, nature and culture. New York: Kodansha Globe, 1995.




DOI: https://doi.org/10.22409/geograficidade2018.82.a13127

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Geograficidade

 

 

Logotipo do Crossref Licença Creative Commons

Todos os textos da revista Geograficidade, do Grupo de Pesquisa Geografia Cultural Humanista estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.