Três eventos de música tradicional no bairro da Glória, Rio de Janeiro / Three traditional music events in the Gloria town, Rio de Janeiro

Jaime Andrés Núñez

Resumo


Este artigo objetiva estudar e analisar a percepção, e a construção subjetiva e intersubjetiva da cidade, como um espaço de convivência cidadã, quando ocorrem eventos de música tradicional em três locais do bairro da Glória, Rio de Janeiro. A percepção do espaço público foi medida com uma escala Likert, quanto a seis parâmetros, comparando cada um desses lugares, com e sem a presença destes eventos, sendo aplicados cinquenta questionários em cada situação. Isto foi complementado, através da coleta de dados estatísticos e descrições físicas de cada um destes eventos. É possível reconhecer que a presença dos eventos não só melhora a percepção desses parâmetros: contribuem na construção de novas afetividades em distintos patamares por um, ou outro lugar. Um novo imaginário social, no que prevalece a percepção do que acontece nesse momento e espaço intervindo, por sobre a percepção isolada do espaço formal que conforma esse mesmo lugar.


Palavras-chave


Percepção. Música tradicional. Cidadania. Revitalização urbana. Eventos efêmeros.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, E. Introdução à metodologia de pesquisa. Lavras: UFLA, 1999.

ALLEMAND, D.; ROCHA, E. Cartografias dançantes da Rua São Bento. Anais... 1º Congresso Internacional Espaços Públicos, FAUPUC/RS, 2015.

AMAB, Associação de moradores e amigos de Botafogo. Perfil socioeconômico "Botafogo, muito além de um cartão-postal". 2018. Disponível em: . Acesso em: 5 jan. 2018.

ARAYA, I. Sujeto y subjetividad: una aproximación desde las representaciones espaciales. Geo UERJ. n.27, p. 293-308. 2012. Disponível em: .

BARNADA, J. Los sistemas de espacios públicos contemporáneos… de la movilidad clásica al espacio urbano difuso. Revista Arquitectura y Urbanismo. v.33, n.1. 2012. Disponível em:

>.

BASULTO, O. Construcción de valor territorial en el imaginario urbano. RIPS. Revista de Investigaciones Políticas y Sociológicas. v.11, n.2, p. 115-126, 2012. Disponível em: .

BLAIOTTA, Jimena; DELIEUTRAZ, Pablo. Teorema Central del Límite. Buenos Aires: Universidad de Buenos Aires, Facultad de Ciencias Exactas y Naturales, 2004.

CANCLINI, Nestor. A socialização da arte. São Paulo: Cultrix, 1984.

CANCLINI, Nestor. O patrimônio cultural e a construção imaginária do nacional. Revista do IPHAN. n.23, Rio de Janeiro: Ministério da Cultura, 1994.

CANCLINI, Nestor. Consumidores e cidadãos. Fórum de ciência e cultura. Rio de Janeiro: UFRJ, 2010.

COELHO, G.; DA SILVA, L.; VASCONCELLOS, V. Cidade emoção: o ver e o viver os espaços públicos por um grupo de jovens a partir da comunidade Carobinha no Rio de Janeiro. Anais... 1º Congresso Internacional Espaços Públicos, FAUPUC/RS, 2015.

CORREA, C.; NAOUMOVA, N. Novas estratégias de intervenção nos espaços públicos urbanos: a geração de oportunidades através da intervenção de instalações artísticas na cidade. Anais... 1º Congresso Internacional Espaços Públicos, FAUPUC/RS, 2015.

CRUZ, F. Una clase de la Observación. Palestra realizada na Escuela de Arquitectura e Diseño, Pontificia Universidad Católica de Valparaiso em 23 set. 1993. Disponível em Acesso em: 31 maio 2015.

GRAVARI-BARBAS, M.; JACQUOT, S. L’événement, outil de légitimation de projets urbains: l’instrumentalisation des espaces et des temporalités événementiels à Lille et Genes. Géocarrefour. n.82, p.3. 2007. Disponível em: .

HOBSBAWN, Eric; RANGER, Terence. A Invenção das Tradições. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

LYNCH, K. A imagem da cidade. (V. Portuguesa). Lisboa: Edições 70, 1960.

MAC GREGOR, J. Identidad y globalización. Cuadernos Encuentro Patrimonio cultural y turismo II. Secretaria de la cultura, Mexico, 2005. Disponível em: .

MOTTA, J.; GUERINI, V. A apropriação dos loose spaces e o surgimento de novos lugares na cidade. Anais... 1º Congresso Internacional Espaços Públicos, FAUPUC/RS, 2015.

NASCIMENTO, Adriana Gomes do. (arte) e (cidade): ação cultural e intervenção efêmera. 2009. Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional). Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.

SANSÃO, A. Intervenções temporárias e marcas permanentes na cidade contemporânea. Arquiteturarevista. v.8, n.1, p.31-48, 2012. Disponível em: .

SANTOS, Milton. A natureza do espaço, Técnica e tempo. Razão e emoção. 2 ed. São Paulo: Hucitec, 1997.

SCHLACK, E.; TURNBULL, N. Capitalizando lugares auténticos. Artistas y emprendimientos en la regeneración urbana. Revista ARQ. n. 79. Ciudad y negocio, p. 28-42, 2011. Disponível em: .

WIKTIONARY. Poesía. Disponível em: . Aceso em: 20 jan. 2018.

WIKTIONARY. Invento. Disponível em: . Aceso em: 20 jan. 2018.




DOI: https://doi.org/10.22409/geograficidade2018.83.a13152

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Geograficidade

 

 

Logotipo do Crossref Licença Creative Commons

Todos os textos da revista Geograficidade, do Grupo de Pesquisa Geografia Cultural Humanista estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.