Comunidade Kalunga: Trabalho e Cultura em Terra de Negro

Gilmar Alves de Avelar, Marise Vicente de Paula

Resumo


Resumo: A comunidade Kalunga é um dos tantos remanescentes de quilombos existentes por todo território brasileiro. Compõe-se por famílias de prováveis descendentes de escravos africanos, trabalhadores nas minas de ouro do Estado de Goiás que se refugiaram a mais de 250 anos nos íngremes e pouco acessíveis  territórios  que cercam as trilhas do Rio Paranã.
Abstract: The Community Kalunga, is a of  the many of Quilombos be alive for  all Brazilian territory. Constituted for family's of descendants os africans enslave, workers in lhe gold of lhe Goiás state, that  take refuge the more of two hundred and fiffy years  in  the  hard and  little  territory access that fence in  the  tracks of the Paranã river. 

Palavras-chave


Kalunga;quilombo;terra;território;trabalho

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2003.v5i9.a13446

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Latindex Geodados Periódicos CAPES

GEOgraphia - Revista  do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense

Rua Gal. Milton Tavares, s/n, sala 508, Boa Viagem - Niterói - RJ,

CEP 24210-346

Periodiciodade Quadrimestral - ISSN 15177793 (impresso). Os conteúdos da Revista GEOgraphia estão licenciados em CC BY.