Vulnerabilidade natural: a perda de solo da bacia do rio Carinhanha (MG/BA) usando uma abordagem qualitativa da equação universal de perda de solos

Kelly Maria Resende Borges, Osmar Abilio Carvalho Júnior, Eder Souza Martins, Roberto Arnaldo Trancoso Gomes, Renato Fontes Guimarães

Resumo


O objetivo deste trabalho foi mapear e analisar a susceptibilidade erosiva da bacia do rio Carinhanha por meio da aplicação da Equação Universal de Perda de Solo (EUPS), a fim de subsidiar o planejamento territorial ambiental na área. A bacia do rio carinhanha é tributária da bacia do rio São Francisco, tem aproximadamente 1.700.000 hectares e faz parte do Bioma Cerrado, um dos mais ameaçados pela intensificação do uso do solo e retirada da vegetação natural. A metodologia utilizou dados de chuva das estações pluviométricas para a obtenção do Fator R. O Fator K foi gerado a partir de informações cartográficas e de dados de solos da bacia. O Fator Topográfico (LS) foi obtido do MDT, gerado através de ferramentas de SIG. Dados de interpretação de imagem de satélite foram utilizados para a obtenção dos Fatores CP. A aplicação da EUPS permitiu uma avaliação qualitativa do potencial erosivo e da erosão atual na bacia do Carinhanha. A área possui uma baixa taxa de erosão atual por possuir boas condições de cobertura vegetal natural. No entanto, se essa cobertura continuar sofrendo grandes alterações, o cenário pode mudar. Os resultados mostram a distribuição espacial das áreas propensas à erosão na bacia, onde práticas conservacionistas podem ser satisfatórias na prevenção da perda de solo por erosão.


Palavras-chave


erosão, EUPS, Bioma Cerrado, Sistema de Informação Geográfica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/GEOgraphia2012.v14i27.a13636

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Latindex Geodados Periódicos CAPES

GEOgraphia - Revista  do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal Fluminense

Rua Gal. Milton Tavares, s/n, sala 508, Boa Viagem - Niterói - RJ,

CEP 24210-346

Periodiciodade Quadrimestral - ISSN 15177793 (impresso). Os conteúdos da Revista GEOgraphia estão licenciados em CC BY.