Das línguas na história: “Upatakon (Nossa Terra)”

Maria do Socorro Pereira Leal

Resumo


Este artigo tem como questão central o funcionamento da expressão “Upatakon (nossa terra)” em manchetes do jornalismo online sobre a disputa pela terra entre índios e brasileiros. Consideramos alguns aspectos da relação entre a língua oficial do Brasil e uma língua indígena ao se denominar em língua macuxi o trabalho policial para retirar os brasileiros da terra indígena. A reflexão tem como aporte teórico-metodológico a Análise do Discurso (PÊCHEUX, 1969, 1975; ORLANDI, 1990, 1999).


Palavras-chave


Análise do Discurso; língua portuguesa; língua indígena; índios

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v18i34.32970

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.