A crítica-escritura de Blanchot, Butor e Barthes

Davi Andrade Pimentel

Resumo


Este artigo analisa a abordagem metodológica, denominada de crítica-escritura, apresentada pela pesquisadora Leyla Perrone-Moisés em seu livro Texto, crítica, escritura. Neste livro, Perrone-Moisés estuda textos dos escritores Maurice Blanchot, Michel Butor e Roland Barthes, demonstrando o novo percurso da crítica literária, datado do final do século XIX, que se baseia numa postura de aproximação com o objeto literário, não mais o afastando, não mais permanecendo à sua sombra, mas imergindo deliberadamente em sua arquitetura discursiva, confundindo-se, muitas vezes, com o próprio objeto

Palavras-chave


Crítica-Escritura, Literatura, Blanchot, Butor e Barthes

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v15i29.33076

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.