Ne-uter ou uma questão de gênero: do neutro na língua à instabilização dos gêneros literários

Márcia de Oliveira Reis Brandão

Resumo


Tendo como ponto de partida a categoria do “neutro” que foi objeto de artigo de Roland Barthes sobre Sarrasine, de Honoré de Balzac, e de seu curso ministrado no Collège de France, em 1978, este artigo propõe uma reflexão que vai da questão do gênero linguístico à proble­matização dos gêneros literários, que desde o século passado tornou-se um dos eixos do pensamento sobre a literatura. Como suporte, toma-se o texto Budapeste de Chico Buarque para tratar da questão, associando-a à lingua­gem e à escrita como uma experiência.


Palavras-chave


Gênero/Gêneros literários. Neutralidade. Experiência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v15i28.33093

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.