A Maldição do Vale Negro e a inversão das fórmulas de fazer chorar

Gustavo Guenzburger

Resumo


Explorando o conceito das fórmulas afetivas de Aby Warburg, este trabalho acompanha o processo de inversão das velhas formas melodramáticas que se apresenta na montagem carioca de 1988 de A Maldição do Vale Negro, texto de Caio Fernando Abreu e Luiz Arthur Nunes. Pela perspectiva da recepção da peça, o artigo busca também situar este mecanismo, e o próprio espetáculo, no contexto do teatro carioca, que se reformulava diante de um novo cenário cultural de universalização das telenovelas e de seu estilo naturalista de atuação.


Palavras-chave


fórmulas afetivas; melodrama; mediação; teatro carioca; telenovela.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v21i41.33434

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.