O Curso de linguística geral e seus efeitos: a escrita em Hjelmslev

Núbia Rabelo Bakker Faria, Dayanne Teixeira Lima

Resumo


Este trabalho, de natureza bibliográfica, tem o objetivo de discutir os efeitos da publicação do Curso de linguística geral, em 1916, notadamente da noção saussuriana de “valor linguístico”, sobre a teorização do linguista dinamarquês Louis Trølle Hjelmslev (1937, 1943, 1948, 1954). O ponto de partida desse retorno à teorização hjelmsleviana é a discussão acerca da concepção de representação da oralidade pela escrita. Hjelmslev, ao radicalizar a afirmação saussuriana de que a língua é uma forma e não uma substância, defende a inexistência de uma substância primeira/natural, argumento que contraria a ideia de que o som é o “liame natural” da língua e que, como consequência, problematiza a concepção elementar de representação do oral pelo escrito. Concluímos, com base na discussão empreendida, que Hjelmslev não é um tradutor das ideias saussurianas, mas fez do CLG uma leitura legítima e inovadora.

 

---

DOI: http://dx.doi.org/10.22409/gragoata.2017n44a1021


Palavras-chave


CLG; Saussure; Hjelmslev; Representação; Escrita.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v22i44.33547

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.