'A melhor parte de mim'. As epístolas matrimonias de Pêro Andrade Caminha

Ricardo Hiroyuki Shibata

Resumo


Em dois momentos particularmente impressionantes da história da epistolografia, Pêro Andrade Caminha (1520-1580), um dos mais importantes poetas da Literatura Portuguesa do século XVI, escreveu sobre o casamento cristão. Tratava-se de uma nova temática na qual Caminha emulava e expandia o modelo horaciano das epístolas em verso. As duas cartas de Andrade Caminha – a primeira, endereçada a Alexandre Farnese e a segunda, a D. Miguel de Noronha – tomaram como referência o epitalâmio, um gênero literário dedicado aos noivos. A partir disso, é possível investigar a concepção da temática do casamento como verdadeira amizade e, em perspectiva complementar, a poesia como valor aristocrático e espiritual.

 

---

DOI: http://dx.doi.org/10.22409/gragoata.2018n45a1028.


Palavras-chave


pistolografia, Humanismo, Renascimento, século XVI, Literatura Portuguesa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v23i45.33574

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.