A ciência monstruosa em 'Frankenstein': aspectos do pós-humano

Anderson Soares Gomes

Resumo


Este trabalho tem por objetivo investigar de que maneira as descobertas e o pensamento científico do final do século XVIII e início do século XIX (período conhecido como Segunda Revolução Científica) influenciaram a escrita do romance Frankenstein (1818), de Mary Shelley, assim como analisar como essa obra apresenta aspectos que contribuem para o estudo do pós-humano. Frankenstein foi escrito em meio a um contexto de profundas revoluções no pensamento filosófico-científico que informaram diversos elementos presentes no romance: as teorias sociais de William Godwin e Mary Wollstonecraft, as hipóteses sobre o princípio da vida de Erasmus Darwin, os experimentos com eletricidade de Luigi Galvani, entre outros. Por outro lado, em uma perspectiva contemporânea, Frankenstein é uma obra que inaugura vários aspectos que viriam a ser lidos pelo prisma do pós-humano. Ao descrever as possíveis (e terríveis) consequências da junção da esfera do humano com as do animal e do tecnológico, o romance problematiza a posição privilegiada do homem na natureza. Considerando as características físicas e biológicas do monstro, o desejo de Frankenstein em ultrapassar os limites da natureza, e a complexa relação de ambos os personagens no que se refere ao binômio desejo/liberdade, o romance pode ser lido como um dos grandes representantes do conceito de pós-humanidade na literatura.

 

---

DOI: http://dx.doi.org/10.22409/gragoata.2018n47a1173


Palavras-chave


Frankenstein, ciência, pós-humano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/gragoata.v23i47.33606

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.