Egito Ptolomaico: Arquitetura Sagrada e as relações de Poder

Júlio Gralha

Resumo


Neste artigo tratamos do templo egípcio como uma das formas de legitmidade nas relações de poder empreendida pela dinasta ptolomaica. Desta forma, tal
dinasta necessitou adotar, de forma mais clara, a cultura egípcia de modo que o templo — por meio de sua arquitetura, iconografia, elementos mágico-religiosos, e
formas de cooptação e cooperação dos segmentos locais — fosse a expressão material desta legitimidade, sobretudo após a Rebelião Tebana.


Palavras-chave


Egito Ptolomaico, Arquitetura, Religião

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rh.v1i1.10532

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Júlio Gralha

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

  • INDEXADORES

AWOL - The Ancient World Online

Diadorim

Google Scholar

Latindex

 

  • INSTITUCIONAL

 

NEREIDA - Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade
Campus do Gragoatá - Rua Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis, Bloco O, sala 507
24210-201 - Niterói - RJ
nereida@vm.uff.br