ETNICIDADE EM QUESTÃO NO SÉCULO IV A.C.: O DISCURSO PAN-HELÊNICO E O COSMOPOLITISMO CÍNICO-ESTOICO

Luís Felipe Bellintani Ribeiro, Roberto Torviso Neto

Resumo


O conceito de “cidadão do mundo” foi reinventado na modernidade, como parte de um projeto de mundo humanista. Foi na antiguidade, porém, que, segundo Diógenes Laercio e outros, Diógenes o cínico pela primeira vez se declarou kosmopolites. O conceito foi depois enfatizado pelos estoicos, em especial Sêneca e Musonio Rufo. Alguns historiadores tendem a ver a campanha de Alexandre Magno como a aplicação do projeto de cidade universal no mundo conhecido. Este texto tem por objetivo problematizar algumas questões concernentes ao cosmopolitismo helenístico, do ponto de vista histórico-factual e quanto a sua concepção intelectual e teórica.


Palavras-chave


Cinismo; cosmopolitismo; pan-helenismo; identidade; Grécia Clássica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rh.v3i2.10965

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Luís Felipe Bellintani Ribeiro, Roberto Torviso Neto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

  • INDEXADORES

AWOL - The Ancient World Online

Diadorim

Google Scholar

Latindex

 

  • INSTITUCIONAL

 

NEREIDA - Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade
Campus do Gragoatá - Rua Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis, Bloco O, sala 507
24210-201 - Niterói - RJ
nereida@vm.uff.br