A HELENA ÉPICA SOB A ÓTICA DO GÊNERO

Fábio de Souza Lessa, Felipe Marques Maciel

Resumo


A proposta deste artigo é analisar a personagem Helena na Ilíada e na Odisseia a partir do conceito de gênero. Para isso, elegemos quatro eixos de investigação — técnico-poético, espacial, ético e discursivo — para ver de que maneira, e com quais possíveis intenções, Helena subverte as relações de gênero vigentes na épica homérica. Defendemos que a análise das falas e ações da personagem revela que o poeta confere a ela um status privilegiado, o que nos faz refletir sobre quais os âmbitos de ação e participação das mulheres à época de Homero.


Palavras-chave


Grécia Arcaica, Homero, Helena, Gênero

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rh.v4i1.13278

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Fábio de Souza Lessa, Felipe Marques Maciel

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

  • INDEXADORES

AWOL - The Ancient World Online

Diadorim

Google Scholar

Latindex

 

  • INSTITUCIONAL

 

NEREIDA - Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade
Campus do Gragoatá - Rua Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis, Bloco O, sala 507
24210-201 - Niterói - RJ
nereida@vm.uff.br