DIONISO E A REPRESENTAÇÃO FEMININA NA TRAGÉDIA GREGA

Lidiana Garcia Geraldo

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de discutir a relação entre a tragédia grega e o deus Dioniso, considerando que essa relação resida na predileção do gênero trágico para representar ações míticas fundamentadas, sobretudo, na violência familiar e transgressão da ordem. Tais ações permitem que a tragédia represente a pólis em situação de crise, ao retratar a transgressão praticada pelas personagens trágicas que costumam questionar e violar as normas estabelecidas, provocando, assim, a própria ruína e o colapso da pólis em que vivem. Desse modo, notou-se que as personagens femininas são especialmente conjuradas para retratar a transgressão da ordem e a crise na pólis. Pode-se considerar, portanto, uma conexão com Dioniso: o deus do teatro e das mulheres, que representava o permanente potencial para a reversão da ordem cotidiana – aquilo que a tragédia precisamente retrata em seus dramas. Logo, o artigo visacomentar a importância das personagens femininas para a constituição da tragédia grega como um gênero essencialmente dionisíaco.


Palavras-chave


Dioniso; Tragédia Grega; personagens femininas trágicas, Grande Dionísia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rh.v4i3.28043

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Lidiana Garcia Geraldo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

  • INDEXADORES

AWOL - The Ancient World Online

Diadorim

Google Scholar

Latindex

 

  • INSTITUCIONAL

 

NEREIDA - Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade
Campus do Gragoatá - Rua Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis, Bloco O, sala 507
24210-201 - Niterói - RJ
nereida@vm.uff.br