A produção de sentido no consumo de textos e sua historicidade

Márcio Souza Gonçalves, Julio Altieri Monteiro, Renan Lúcio Saldanha da Rocha

Resumo


O trabalho propõe uma abordagem da comunicação através de textos, e mais especificamente do processo de leitura, destacando alguns dos diversos elementos que nesse processo são determinantes. Em três seções são discutidos sucessiva e respectivamente o caráter histórico dos textos e da leitura, formas de teorização acerca do ato de ler e, finalmente, alguns dos determinantes acima mencionados.


Texto completo:

PDF

Referências


BARBIER, F. História do Livro. São Paulo: Paulistana, 2008.

CHARTIER, R. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: UNESP e Imprensa Oficial SP, 1999.

CHARTIER, R. Inscrever a apagar: cultura escrita e literatura, séculos XI-XVIII. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

CHARTIER, R. (Org.). Práticas da leitura. São Paulo: Estação Liberdade, 1996.

CHARTIER, R.; CAVALLO, G. (Orgs.). História da leitura no mundo ocidental, 1 e 2. São Paulo: Ática, 1998 e 1999, respectivamente.

GINZBURG, C. O queijo e os vermes: o cotidiano e as ideias de um moleiro perseguido pela Inquisição. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

GOODY, J. e WATT, I. As consequências do letramento. São Paulo: Paulistana, 2006.

RIO, J. do. O Brasil lê. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 26/11/ZALI, A. (Dir.). L'Aventure des écritures. La Page. Paris: Bibliothèque nationale de France, 1999.




DOI: https://doi.org/10.22409/ppgmc.v1i1.9670

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC (UFF)

Endereço: Rua Tiradentes, nº 148 - Ingá - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-510

Site: http://www.ppgmidiaecotidiano.uff.br

Telefone/Fax: (21) 2629-9684/ (21) 2629-9681