Dimensões do paradigma qualitativo e os desafios em pesquisas de comunicação e movimentos sociais populares

Catarina Tereza Farias de Oliveira, Maria Evilene de Souza Abreu

Resumo


O artigo apresenta reflexões sobre o uso do paradigma qualitativo nas pesquisas sobre práticas comunicacionais e movimentos sociais populares, colocando em debate as perspectivas compreensivas e interventivas deste paradigma. Utiliza como referência para a reflexão as pesquisas das investigadoras em campo e a provocação que os objetos de pesquisa têm trazido para ambas em suas atuações no campo da investigação. A cartografia como método de pesquisa-intervenção é o lugar que o artigo propõe para repensar a hegemonia da postura compreensiva e interpretativa no século XX, inserindo as possibilidades de unir reflexividade, criatividade, compreensão e intervenção como parte de um atuar em campo nas pesquisas de comunicação e nas Ciências Sociais e Humanas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/ppgmc.v5i5.9727

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC (UFF)

Endereço: Rua Tiradentes, nº 148 - Ingá - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-510

Site: http://www.ppgmidiaecotidiano.uff.br

Telefone/Fax: (21) 2629-9684/ (21) 2629-9681