REDES SOCIAIS DIGITAIS NA ESFERA PÚBLICA POLÍTICA: EXERCÍCIOS DE CIDADANIA

Dayo de Araújo Silva CÔRBO, Márcio GONÇALVES

Resumo


As recentes manifestações ocorridas no Brasil e no mundo inspiram o estudo de variados temas e principalmente fazem refletir sobre o poder da ação a partir do uso da linguagem. Procura-se neste artigo verificar a potencialidade do uso político da linguagem no âmbito das redes sociais na internet à luz do conceito de esfera pública política e tendo como pano de fundo as manifestações ocorridas no Brasil em junho de 2013. Investigam-se as redes sociais como espaço público de ação propícias à construção de uma solidariedade entre cidadãos que agem visando o entendimento. Parte-se do conceito de esfera pública, de Jürgen Habermas, e estende-se a reflexão para o ambiente digital com a abordagem de Yochai Benkler, de esfera pública interconectada, que serve para interpretar o uso das tecnologias de informação e comunicação no cotidiano dos atores sociais a partir da liberação do pólo de emissão de conteúdo.


Texto completo:

PDF

Referências


BENKLER, Yochai. The wealth of networks: how social production transforms markets

and freedom. USA: Yale University Press, 2006.

CASTELLS, Manuel. A galáxia da Internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

_____. Redes de indignação e esperança: movimentos sociais na era da internet. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

_____. A sociedade em rede. v.1. São Paulo: Paz e terra, 2011.

DINIZ, Eduardo H.; RIBEIRO, Manuella Maia. O conceito de esfera pública interconectada e o site “webcidadania” no Brasil. Gestão & Regionalidade. V. 28, n. 83., mai-ago, 2012.

FERNANDES, Edson; ROSENO, Ricardo de Freitas. Protesta Brasil: das redes sociais às manifestações de rua. São Paulo. Prata editora, 2013.

GONÇALVES, Marcio; LIMA, Clóvis R. M. de. Validação discursiva da informação na Wikipédia. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2014.

HABERMAS, Jurgen. Direito e Democracia: entre facticidade e validade. v.2. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2011.

_____. Entre naturalismo e religião: estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2007.

_____. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Edições Loyola, 2007.

_____. Mudança estrutural da esfera pública: investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

_____. Sobre a constituição da Europa: um ensaio. São Paulo: UNESP, 2013.

LIMA, Clóvis; GONÇALVES, M.; MEIRELLES, M.; CASTRO, B. L. de. Os ambientes wiki: interação, discurso e generosidade nas redes sociais. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 13, 2012, Rio de Janeiro. Anais, Rio de Janeiro, 2012.

MALINI, Fábio; ANTOUN, Henrique. A internet e a rua: ciberativismo e mobilização nas redes sociais. Porto Alegre: Sulina, 2013.

Movimento Passe Livre. Não começou em Salvador, não vai terminar em São Paulo. In: CIDADES rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo; Carta Maior, 2013.

ROLNIK, Raquel. As vozes das ruas: as revoltas de junho e suas interpretações. In: CIDADES rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo; Carta Maior, 2013.

SAKAMOTO, Leonardo. Em São Paulo, o Facebook e o Twitter foram às ruas. In: CIDADES rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo; Carta Maior, 2013.

SILVA, Regina H. Alves da; GUEDES, Inês C; JURNO, Amanda C.;PAULA, Gabriel M. R de. Vandalismo e política nas redes sociais: caso do Anonymous e Black Bloc. In: SILVA, Regina Helena Alves da (Org.) Ruas e redes: dinâmicas dos protestosBR. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014.




DOI: https://doi.org/10.22409/ppgmc.v6i6.9743

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC (UFF)

Endereço: Rua Tiradentes, nº 148 - Ingá - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-510

Site: http://www.ppgmidiaecotidiano.uff.br

Telefone/Fax: (21) 2629-9684/ (21) 2629-9681