DIÁRIOS VIRTUAIS DOS SERVOS DO SENHOR: a virilidade em perfis de padres midiáticos no Instagram

Diego Santos Vieira de Jesus

Resumo


O objetivo é examinar as representações de virilidade nos perfis dos padres Marcelo Rossi e Fábio de Melo no Instagram. O argumento central sustenta que, apesar das diferenças em termos de linguagem e de abordagem de temas entre os dois, ambos os padres mobilizam a simplicidade e o apelo emocional, típicos da virilidade sacerdotal, ao reforçarem em seus posts a posição institucional de mediação entre Deus e os fieis. Eles aliam a tais elementos fatores ligados à lógica do mercado e enfatizam simultaneamente aspectos de virilidade associados à beleza, à juventude, ao despojamento e até mesmo a um erotismo sutil, permitindo uma maior aproximação do sacerdote com seus seguidores.

Palavras-chave


Virilidade; Padres midiáticos; Instagram

Texto completo:

PDF

Referências


AIRIAU, Paul. A virilidade do padre católico: certa ou problemática ? In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques; VIGARELLO, Georges. (Ed.) História da Virilidade – Volume 2: O triunfo da virilidade. O século XIX. Petrópolis: Vozes, 2013, p.302-320.

ANDRADE, Péricles. Ciberespaços sagrados: as capelas virtuais no catolicismo contemporâneo. Estudos de Sociologia, v. 13. n. I, p. 175.194, 2007.

ASSMANN, Hugo. A Igreja Eletrônica e o seu Impacto na América Latina: convite a um estudo. Petrópolis: Vozes, 1986.

BAUBÉROT, Arnaud. Não se nasce viril, torna-se viril. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques; VIGARELLO, Georges. (Ed.) História da Virilidade – Volume 3: A virilidade em crise ? Séculos XX-XXI. Petrópolis: Vozes, 2013, p.189-220.

BOBSIN, Oneide. Tendências religiosas e transversalidade: Hipóteses sobre a transgressão de fronteiras. Estudos Teológicos, v. 39, n. 2, p. 105-122, 1999.

BRONSZTEIN, Karla Patriota; ALVES, Maria Lúcia Bastos. Mega-eventos e espetáculos religiosos: novas singularidades na sociedade de consumo. Animus, v. 13, n. 26, s.p., 2014.

CARRERA, Fernanda. Instagram no Facebook: uma reflexão sobre ethos, consumo e construção de subjetividade em sites de redes sociais. Animus, v.11, n.22, p.148-165, 2012.

FAUSTO NETO, Antônio. Processos midiáticos e construção de novas religiosidades: dimensões discursivas. Galáxia, n. 3, p. 151-164, 2002.

___. A religião do contato: estratégias discursivas dos novos “templos midiáticos”. Contemporânea, v. 2, n. 2, p. 139-168, 2004.

FERNANDES, Sílvia Regina Alves. Padres cantores e a mídia: representações da identidade sacerdotal. Ciências Sociais e Religião, Ano 7, n. 7, p. 131-155, 2005.

FREIRE, Adriana do Amaral. A comunidade do Padre Marcelo Rossi no Facebook numa perspectiva de autopromoção e uso mercadológico do espaço. In: 2º. SIMPÓSIO NORDESTE DA ABHR. Anais..., Recife, 2015, p. 1-16.

FREITAS JÚNIOR, Antônio Luiz de. Pistas teológico-práticas sobre a relação entre mídia televisiva e religião a partir do caso Marcelo Rossi. Caminhando, v. 14, n. 2, p. 195-207, 2009.

GOFFMAN, Erving. Ritual de interação: ensaios sobre o comportamento face a face. Rio de Janeiro: Vozes, 2011.

HARTMANN, Atíllio. Religiosidade Midiática: Uma Nova Agenda Pública na Construção de Sentidos? Revista IHU Online, n.9, p.1-23, 2006.

HU, Yuheng; MANIKONDA, Lydia; KAMBHAMPATI, Subbarao. What We Instagram: A First Analysis of Instagram Photo Content and User Types. Association for the Advancement of Artificial Intelligence website, 2014. Disponível em: . Acesso em: 8 set. 2016.

JABLONKA, Ivan. A infância ou a “viagem rumo à virilidade”. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques; VIGARELLO, Georges. (Ed.) História da Virilidade – Volume 2: O triunfo da virilidade. O século XIX. Petrópolis: Vozes, 2013, p.37-73.

LE GALL, Jean-Marie. A virilidade dos clérigos. In: CORBIN, Alain; COURTINE, Jean-Jacques; VIGARELLO, Georges. (Ed.) História da Virilidade – Volume 1: A invenção da virilidade. Da Antiguidade às Luzes. Petrópolis: Vozes, 2013, p.242-263.

MARRA, Heloisa. Padre Marcelo Rossi: uma vida dedicada a Deus. Rio de Janeiro: Best Seller, 2015.

MAUÉS, Raymundo Heraldo. “Bailando com o Senhor”: técnicas corporais de culto e louvor (o êxtase e o transe como técnicas corporais). Revista de Antropologia, v. 46, n. 1, p. 9-40, 2003.

MELO, Mônica Santos de Souza. A Utilização das Redes Sociais pela Igreja: Novas Formas de Diálogo com o Fiel. Gláuks, v.15, n.1, p.71-86, 2015.

MENDONÇA, Henriete Cabral. O Catolicismo midiático: a evangelização do Padre Fábio de Melo. Dissertação de Mestrado – Sociologia. Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2013.

MIKLOS, Jorge. Ciber-religião: a construção de vínculos religiosos no ciberespaço. São Paulo: Ideias & Letras, 2012.

NASCIMENTO, Robéria Nádia Araújo; GARCIA JUNIOR, Emilson Ferreira. Unidade na diversidade: o templo eletrônico como canal de difusão ecumênica. Revista Temática, Ano IX, n. 9, s.p., 2013.

NÓBREGA, Adilson Rodrigues da. Fábio de Melo, entre palco e altar: a imprensa brasileira e um novo olimpiano católico. In: XXXII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO. Anais..., Curitiba, 2009, p. 1-15.

PATRIOTA, Karla Regina Macêna Pereira. Mídia e Entretenimento: em busca da religiosa audiência. REVER, Ano 8, p.1-10, 2008.

___. Um show destinado às massas: uma reflexão sobre o entretenimento religioso na esfera midiática. TOMO, n.14, p.181-202, 2009.

SANTOS, Suzy dos; CAPPARELLI, Sérgio. Crescei e multiplicai-vos: a explosão religiosa na televisão brasileira. Intertexto, v. 2, n. 11, p. 1-24, 2004.

SIBÍLIA, Paula. O show do eu: a intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

SILVA, Rosimeire Gonçalves da. Aspectos estéticos da figura do padre Marcelo Mendonça Rossi como contribuição para a sua imagem na fabricação de valor no imaginário social. Estética, n. 11, p.1-14, ago./dez. 2015.

SOUZA, André Ricardo de. A renovação popularizadora católica. Plural, n. 9, p. 89-101, 2002.

___. Igreja Católica e mercados: a ambivalência entre a solidariedade e a competição. Religião e Sociedade, v. 27, n. 1, p. 156-174, 2007.




DOI: https://doi.org/10.22409/ppgmc.v11i2.9833

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano - PPGMC (UFF)

Endereço: Rua Tiradentes, nº 148 - Ingá - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-510

Site: http://www.ppgmidiaecotidiano.uff.br

Telefone/Fax: (21) 2629-9684/ (21) 2629-9681