A relação das competências empreendedoras e da conduta intraempreendedora no setor de serviços educacionais

Jeferson Lana, Cledir Orlandi, Márcio Camargo, Marilise Aparecida Branco, Fernando Cesar Lenzi

Resumo


O objetivo deste estudo é explicar a relação entre a conduta intraempreendedora, segundo Moriano; Topa; Valero e Lévy (2009), e suas competências empreendedoras, conforme a abordagem de Lenzi (2008), nos funcionários das unidades do Senac do estado de Santa Catarina. O referencial teórico apresenta os temas essenciais que se relacionam à problemática do estudo, quais sejam: empreendedorismo, competências empreendedoras e conduta intraempreendedora. Para a análise destas relações, a abordagem neste artigo de natureza aplicada foi majoritariamente quantitativa. As características do estudo o posicionam como de objetivo descritivo e os procedimentos técnicos adotados foram a pesquisa bibliográfica, estudo de caso e a survey com questionário. Para tanto, utilizou-se as técnicas estatísticas Anova, Análise Fatorial e Modelagem de Equações Estruturais. Os resultados demonstram que as competências mais comuns foram comprometimento, persistência e correr riscos calculados, e as menos frequentes busca de oportunidades e iniciativas e estabelecimento de metas. Com relação à conduta intraempreendedora, as análises evidenciam uma relação significativa e relevante para todos os construtos, exceto tempo disponível e incerteza nas tarefas. Por fim, as competências empreendedoras apresentaram forte correlação com os construtos do intraempreendedorismo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12712/rpca.v7i2.219

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1982-2596

Avaliação Qualis 2015 - B2 - Na área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo.