A multinacional que terceirizou suas transações financeiras

Arnaldo Di Petta, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz, Cristiane Drebes Pedron

Resumo


Este caso de ensino traz a história real de uma multinacional que decidiu adotar o modelo de Centros de Serviços Compartilhados (CSC) nas diferentes regiões em que atua no mundo. Após esclarecer o que é este modelo, apresenta-se a visão geral da área de finanças global da empresa, descrevendo em detalhes o projeto de implantação do CSC terceirizado na América Latina. Relatam-se as opções antes das decisões, os obstáculos na fase de negociação, os acordos na fase de definição e planejamento e por fim, as lições aprendidas nestas etapas. Os aprendizados servem a empresas que necessitam ajustar planos de caráter global à realidade regional, ou ainda às unidades de negócio que precisam viabilizar mudanças organizacionais de caráter radical sendo forçadas a adaptarem-se às estratégias definidas a partir da matriz. O caso é recomendado principalmente para cursos de Administração ou para disciplinas ligadas a finanças, gerenciamento de projetos e de mudanças, visão estratégica e planejamento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12712/rpca.v11i3.884

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1982-2596

Avaliação Qualis 2015 - B2 - Na área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo.