Sobre a dimensão educativa da arte

Martha D'Angelo

Resumo


Os artigos que compõem este dossiê têm um traço comum que constitui o diferencial em relação a outras abordagens sobre arte e educação. Trata-se da ênfase na dimensão educativa inerente ao próprio fazer artístico e na maneira como este fazer é compartilhado. Este posicionamento tem um cunho político que se manifesta, de maneira bem explícita na crítica de Zeca Ligiéro ao colonialismo cultural, na valorização atribuída por Maíra Norton às atividades com cinema que desautomatizam o ato de filmar e assistir a um filme, e no empenho de Bia Albernaz em desconstruir a cultura padronizadora da escola através de uma proposta de trabalho que estimula a autonomia e a expressão de singularidades. Essas contribuições redimensionam o debate sobre arte e educação e abrem novos horizontes de pesquisa que favorecem a inserção da arte na vida das pessoas e a mudança do seu estatuto na cultura contemporânea.


Palavras-chave


arte; educação; política; cultura contemporânea

Texto completo:

PDF

Referências


Sem referências [texto de apresentação do dossiê]




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.1319.9-14

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Martha D'Angelo