A crítica de arte como desdobramento poético

Tamara Silva Chagas, Almerinda da Silva Lopes

Resumo


O presente artigo busca tecer uma reflexão sobre o processo criativo intrínseco à intervenção com garrafas de refrigerante Coca-Cola, na Petite Galerie, apresentada no contexto da exposição A Nova Crítica (1970), pelo crítico de arte Frederico Morais. À época, o referido crítico empenhava-se em promover uma renovação na crítica brasileira, com o intuito de atualizar sua função e de torná-la mais apta ao diálogo com a arte contemporânea dos anos 1970. Além disso, o artigo discute de que maneira esse trabalho se configura como desdobramento poético e comentário crítico aberto de Inserções em Circuitos Ideológicos: Projeto Coca-Cola, de Cildo Meireles.

 


Palavras-chave


Frederico Morais; nova crítica; Projeto Coca-Cola

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor. A Indústria Cultural. In: COHN, Gabriel (Org.). Comunicação e indústria cultural. São Paulo: Nacional/Edusp, 1971, p. 287-295.

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. A Indústria Cultural: o iluminismo como mistificação de massas. In: ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Indústria Cultural e Sociedade. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2009, p. 5-44.

GALERIA DE ARTE BANERJ (Rio de Janeiro, RJ). Depoimento de uma geração: 1969-1970: catálogo. Rio de Janeiro: Galeria de Arte BANERJ, 1986. Sem numeração.

MEIRELES, Cildo, ANJOS, Moacir dos. Entrevista de Cildo Meireles e Moacir dos Anjos a Fernando Oliva. Jul. 2006. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2011. Entrevista concedida a Fernando Oliva.

FERVENZA, Hélio. Considerações da arte que não se parece com arte. Concinnitas, Rio de Janeiro, ano 6, n. 8, p. 89-98, jul. 2005. Disponível em: . Acesso em: 17 ago. 2011.

MORAIS, Frederico. Arte brasileira: cortes e recortes, quinta parte – 1965-1973. Rio de Janeiro: Soraia Cals, 2010. 383 p. Sem numeração.

MORAIS, Frederico. Artes plásticas: a crise da hora atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975.

MORAIS, Frederico. Frederico Morais, o crítico-criador. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2008. Entrevista concedida a Gonzalo Aguilar.

MUSEU DE ARTE DA PAMPULHA (Belo Horizonte, MG). Neovanguardas: catálogo. Belo Horizonte, 2008. 163 p.

RIBEIRO, Marília Andrés. Neovanguardas: Belo Horizonte, anos 60. Belo Horizonte: C/ Arte, 1997.




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.1319.107-118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Tamara Silva Chagas, Almerinda da Silva Lopes