A máquina escriturística: de Duchamp a Certeau

Emerson Dionísio G. de Oliveira

Resumo


Nosso trabalho visa compreender a leitura que o historiador e antropólogo Michel De Certeau faz do projeto artístico mais ambicioso de Marcel Duchamp – O Grande Vidro. Na realização da pesquisa, buscamos entender como o pensador localizou a obra dentro de suas discussões teóricas e, mais, qual a relação de O Grande Vidro com os conceitos de arte predominantes em seus escritos.

Palavras-chave


projeto de arte; modernismo; história da arte; citação

Texto completo:

PDF

Referências


ASTHON, Dore. Rencontre avec Marcel Duchamp. Paris:Envois/L’Échoppe, 1996.

BELTING, Hans. O fim da história da arte: uma revisão dez anos depois. Tradução de Rodnei

Nascimento. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

BRITO, Ronaldo. “A arte colocada a nu pelos artistas, mesmo”. In: LIMA, Sueli de (org.). Experiência

crítica – textos selecionados: Ronaldo Brito. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

CABANNE, Pierre. Marcel Duchamp: Engenheiro do Tempo Perdido. São Paulo, Perspectiva,

CASTILLO, Sonia S. del..Cenário da arquitetura da arte: montagens e espaços de exposições.

São Paulo: Martins, 2008.

CERTEAU, Michael. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Trad. Ephraim Ferreira Alves.

Petrópolis: Vozes, 1994.

_________________. A escrita da história. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002.

COHEN, Renato. Work in Progress na cena contemporânea. São Paulo: Perspectiva, 2004.

CRIMP, Douglas. Sobre as ruínas do museu. Trad. de Fernando Santos. São Paulo: Martins Fontes,

, p.303.

DANTO, A.C.. “A idéia de obra-prima na arte contemporânea” In: FERREIRA, Glória; VENANCIO

FILHO, Paulo (org). Arte & Ensaio, nº10. Rio de Janeiro: Programa de Pós-graduação em Artes

Visuais, EBA-UFRJ, 2003, p.90

DUARTE, Claudia. Marcel Duchamp, olhando o Grande vidro como interface. Rio de Janeiro:

Rios Ambiciosos, 2000.

JANG, Young-Girl. Objet Duchampien. Paris: Editions L’harmattan, 2001

PAZ, Octávio. Marcelo Duchamp ou o Castelo da Pureza. Tradução do Sebastião Uchoa Leite.

São Paulo: Perspectiva, 2004.

POULOT, Dominique. “Museu, nação, acervo” In: BITTENCOURT, José Neves et. all. História

representada: o dilema dos museus. Rio de Janeiro: MHN, 2003.

MINK, Janis. Marcel Duchamp. 1887-1968: El arte contra el arte. Madrid: Taschen, 2002

SWEENEY, James Johnson & DUCHAMP, Marcel. “Interview with Marcel Duchamp,” in “Eleven

Euro- peans” In: The Museum of Modem Art Bulletin, 1946.

TASSINARI. A. O espaço moderno. São Paulo: Cosac & Naif, 2001.

TOMKINS, Calvin. Duchamp: uma biografia. Tradução de Maria Teresa de Resende Costa. São

Paulo: Cosac Naify, 2004.




DOI: https://doi.org/10.22409/poiesis.912.139-150

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Emerson Dionísio G. de Oliveira