A omissão da esquerda e a insurgência do movimento negro

Daniela Gomes

Resumo


Este artigo tem como objetivo observar a criação e o crescimento do movimento negro no Brasil e na América Latina a partir da indiferença presente no pensamento da esquerda local, que priorizou em determinado momento a teoria crítica europeia. Esse afastamento por parte da esquerda foi propiciado pelo pensamento de que apenas a extinção do capitalismo seria suficiente para acabar com o racismo, o que se provou infundado. Em contrapartida, o ideal da igualdade social se fez presente na base do movimento negro e margeou muitas de suas conquistas. Utilizo como metodologia a pesquisa bibliográfica, por meio de livros, artigos e websites.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/pragmatizes3.3.a10349

Apontamentos

  • Não há apontamentos.