Comparação de diluidores comerciais na motilidade, funcionalidade e integridade da membrana plasmática do espermatozoide bovino

Monalyse Kevelyn Borges de Oliveira, João Pedro Brandão Zandonaide, Neimar Correa Severo, Antonieta Lourenia Gomes, Mauricio Scoton Igarasi, Amanda Pifano Neto Quintal, André Belico Vasconcelos

Resumo


O objetivo do estudo foi comparar o efeito de três diluidores comerciais (Tryladil®, Botu-Bov® e OptiXcell®) na qualidade do
espermatozoide bovino após o processo de criogenia. Para tal, foram utilizados oito touros da raça Nelore (2 ejaculados/touro).
As amostras de sêmen fresco, diluído e pós-descongelamento foram avaliadas, comparando os parâmetros de motilidade total,
vigor, funcionalidade da membrana (HOST) e integridade da membrana (eosina). Os dados foram expressos em média e desvio
padrão. As variáveis foram submetidas às análises de ANOVA e Tukey ou teste de Friedman e Dunn’s, dependendo da normalidade
(p< 0,05). Os achados mostram que no momento da diluição não houve diferença (p˃0,005) entre os diluidores comerciais nos
parâmetros avaliados (exceto integridade da membrana plasmática). No entanto, no momento do pós-descongelamento os
espermatozoides criopreservados utilizando-se o diluidor Tryladil® apresentaram maiores valores (p˂0,005) referentes a integridade e
funcionalidade da membrana plasmática comparado aos diluídos em Botu-Bov® e OptIXcell®. Os parâmetros relacionados a cinética
espermática (motilidade e vigor) não se diferiram (p˃0,005) entre os diluidores comerciais utilizados. Em conclusão, no momento
pós-descongelamento o diluidor Tryladil® apresentou os melhores resultados nos parâmetros de integridade e funcionalidade da
membrana plasmática. Sendo assim, recomenda-se o diluidor Tryladil® para criopreservação de sêmen de bovinos da raça Nelore.


Palavras-chave


criopreservação, viabilidade, diluente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV