Características reprodutivas de machos bovinos da raça Nelore da fase pré-púbere à maturidade sexual

Teresinha Inês de Assumpção, Marcos de Almeida Souza, Camila Alberton, Rodrigo Pallaoro, Clóvis Kitagawa, Natascha Almeida Marques Silva

Resumo


O objetivo da pesquisa foi analisar as principais características reprodutivas de machos da raça Nelore dos 12 aos 24 meses de idade e as correlações entre estas características. O sêmen foi coletado de 24 animais pela técnica de eletroejaculação, analisado física e morfologicamente e a dosagem de testosterona feita por quimioluminescência. Os dados foram analisados pelos métodos de Pearson e Sperman, análise de variância e teste de Friedman. Os testículos cresceram proporcionalmente com o animal, porém a circunferência escrotal foi baixa em todas as idades sem alterar a produção e qualidade do sêmen. Os animais ganharam 700 gramas/dia de peso e circunferência escrotal aumentou em média 0,037 cm/dia. Aos 17 meses, 50% dos animais estavam produzindo sêmen, mas com baixa qualidade, se tornando ótima aos 20 meses. A concentração espermática aumentou progressivamente com idade, enquanto houve redução das patologias totais dos espermatozóides. A concentração sérica média de testosterona foi 10,31 ± 3,15 ng/mL com grande variação cíclica nas idades. Foi observada uma correlação positiva entre a idade e peso, circunferência escrotal, concentração, motilidade e vigor. Foi observada uma correlação negativa entre a idade e patologias espermáticas. Não houve correlação significativa entre essas características analisadas e a concentração plasmática de testosterona. A circunferência escrotal dos animais aumentou proporcionalmente ao seu desenvolvimento junto com produção e qualidade do sêmen e concentração sérica de testosterona, podendo assim ser utilizada para indicar puberdade. A maturidade sexual dos animais ocorreu em torno dos 20 meses de idade, comprovada pelo espermiograma.



Palavras-chave


Bos taurus indicus, Circunferência Escrotal, Reprodução, Sêmen, Testosterona

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV