Dosagem de lisozima para avaliação da resposta imune em bezerros

Maurício Garcia, Sabrina Caruso Chate, Ana Carolina Rusca Porto, Yara Ferreira Figueira, André Dias Dieguez, Flávia Corbari Feres, Maria de Fátima Monteiro Martins

Resumo


O presente trabalho visou verificar a eficiência da dosagem de lisozima como indicador de imunidade em bovinos, valendo-sede animais naturalmente acometidos de processo diarréico. Para tanto, foram utilizados bezerros com até três meses deidade, criados em manejo semi-intensivo e divididos em três grupos experimentais (I – sem diarréia, II – com diarréia massem sintomas sistêmicos, III – com diarréia e sintomas sistêmicos). Foram colhidas amostras sangüíneas de cada animal,que foram processadas para a realização da dosagem de gamaglobulinas por eletroforese, dosagem de IgG por imunodifusãoradial, contagem de linfócitos e dosagem de lisozima. Os resultados encontrados mostraram existir linfopenia nos animais dogrupo III, mas não foi verificada hipogamaglobulinemia na eletroforese ou na imunodifusão radial. Não foram encontradasdiferenças estatisticamente significantes no nível de lisozima entre os grupos estudados. Não foi possível demonstrar correlaçãoentre a dosagem de lisozima e os outros indicadores preconizados no presente experimento. Todavia, embora nopresente experimento não se tenha encontrado uma correlação positiva entre o teor de lisozima e parâmetros de respostaimunitária, os resultados obtidos sugerem que novos trabalhos devam ser realizados para que tal parâmetro seja validadocomo indicador biológico.

Palavras-chave


lisozima, resposta imune, bezerros

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV