Estudo comparativo entre os fios de ácido poliglicólico e poliglactina na ileocistoplastia em cães (Canis familiaris)

Maria de Lourdes Gonçalves Ferreira, Marília Botelho de Oliveira Chaudon, Edmundo Jorge Abílio, Eulógio Carlos Queiroz de Carvalho, Nelson Jamel, Mario Antônio Pinto Romão, Viviane Alexandre Nunes

Resumo


O presente estudo visa comparar os fios de ácido poliglicólico e de poliglactina 910 em ileocistoplastia em cães. Utilizaramse24 cadelas, SRD (sem raça definida), adultas, pesando em média 15kg, divididos em dois grupos iguais, os quais foramsubmetidos a ileocistoplastia. No grupo A empregou-se o fio de poliglactina 910 e no B o fio de ácido poliglicólico. Os animaisforam acompanhados até o 42o dia de pós-operatório, sendo que no 7o, 14o, 21o, 28o, 35o e 42o dois animais de cada grupoforam necropsiados para retirada da bexiga visando análise histopatológica da linha de sutura. Estipulou-se escores de 0 a 3para reação inflamatória e absorção e de 1 a 3 para fibrose (cicatrização). Esses dados foram submetidos atratamentoestatístico (teste x2 – Qui-quadrado) onde a = 0,05. Nos animais do grupo A, do 7o ao 42o dia observou-se reação inflamatóriacompatível com o período, enquanto os cães do grupo B, além da reação inflamatória, demonstravam também presença desupuração até o 35o dia (p<0,05). Os cães do grupo A apresentaram sinais progressivos de fibrose, a partir do 7o dia, enquantoos cães do grupo B só vieram a apresentar tais sinais após 21 dias. No 21o dia os cães do grupo B demonstraram sinais deinício do processo de hidrólise, e no grupo A estes sinais só foram evidenciados no 28o dia. Os cães do grupo B apresentaramsinais de calcificação na linha de sutura a partir do 21o dia, fato não observado em todo período nos animais do grupo A. Houvediferença significativa entre os fios utilizados no grupo A e no grupo B, no que se refere a reação inflamatória, grau de fibrosee calcificação na linha de sutura, caracterizando o fio de poliglactina 910 como mais indicado para enterocistoplastia em cães.

Palavras-chave


estudo comparativo, ácido poliglicólico, poliglactina 910, transplante autólogo – veterinária, bexiga – cirurgia, íleo – cirurgia, cães, cicatrização, suturas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV