Identificação de Enterobacteriaceae da microbiota intestinal de aves de postura (Gallus gallus Linnaeus, 1758) da linhagem Lohmann S.L.S.

Gicélia Maria da Silva, Cláudia Maria Ferreira da Silva, Sávio Freire Bruno, Dayse Lima da Costa Abreu

Resumo


A utilização de antibióticos na avicultura, para o controle de doenças, tem causado alterações na microbiota normal do tratodigestivo das aves, podendo causar o predomínio de espécies potencialmente patogênicas. O objetivo deste trabalho é oreconhecimento destas espécies e seu risco para a saúde pública. A microbiota intestinal de cem galinhas poedeiras comerciaisda linhagem Lohmann S.L.S. foi estudada. Foram coletadas, por via cloacal, amostras fecais através de swabs estéreis etransportadas em tubos de ensaio contendo o meio Cary Blair, sendo posteriormente submetidas às técnicas bacteriológicasconvencionais para isolamento e identificação dos gêneros. Foram utilizados os sistemas Bactray I e II, e o API - 20 E, paraidentificar as espécies. Os microrganismos isolados nos sistemas Bactray I e II foram: Escherichia coli (57%), Arizonahinshawii (15%), Serratia odorifera (8%), Klebsiella oxytoca (3 ), Citrobacter freundii (3%), Citrobacter diversus (8 %), Enterobactersakazakii (3%), Kluyvera sp (3%); os resultados obtidos do sistema API-20E foram: Vibrio metschnikovii (29%), Enterobactercloaceae (13%), Pantoea agglomerans (14%), Citrobacter diversus (14%), Escherichia coli (14%), Burkholderia pseudomallei(14%) e Citrobacter sp (2%). A incidência de Arizona hinshawii foi significativa, sendo esta classificada na tribo Salmonelleae,mesma do gênero Salmonella, que tem sido referido como zoonose, justificando, assim, a importância do monitoramento dasprincipais bactérias que compõem a microbiota intestinal.

Palavras-chave


galinhas, isolamento, enterobacteriaceae

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV