Diagnóstico clínico, laboratorial e tratamento cirúrgico do carcinoma de células escamosas no genital de equinos machos: relatos de dois casos

Andressa Sabine Rabbers, Rogério Elias Rabelo, Valcinir Aloísio Scalla Vulcani, Fabiano José Ferreira de Sant'ana, Caroline Rocha de Oliveira Lima, Luiz Antônio Franco da Silva

Resumo


O carcinoma de células escamosas (CCE) tem importância relevante na rotina clínica e cirúrgica de equinos e o diagnóstico dessa neoplasia é baseado nos exames, clínico e histopatológico. Como a terapia conservativa raramente apresenta resultados satisfatórios, a intervenção cirúrgica tem-se mostrado mais vantajosa, constituindo, em algumas situações, como única alternativa para evitar o comprometimento morfofuncional da estrutura anatômica ou mesmo o óbito do paciente. Esse estudo objetivou estabelecer o diagnóstico clínico e laboratorial de CCE genital em equinos, descrever o tratamento cirúrgico empregando sutura captonada como alteração da técnica convencional e avaliar os procedimentos pós-operatórios. Foram utilizados dois animais do sexo masculino, com cerca de 20 anos, um mestiço Apaloosa e outro pônei. Após o diagnóstico clínico foram submetidos ao tratamento cirúrgico mediante anestesia geral e colheita de material para exames citológico e histopatológico. O resultado do exame histopatológico confirmou a suspeita diagnóstica de CCE. Concluiu-se que os exames clínicos e histopatológicos são fundamentais para se estabelecer o diagnóstico do CCE genital em equinos do sexo masculino, porém, para evitar dois procedimentos anestésicos subsequentes e minimizar possíveis complicações decorrentes da anestesia, a colheita de material para avaliação laboratorial deve ser realizada durante o tratamento cirúrgico.

Palavras-chave


cirurgia, pênis, neoplasia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV