Avaliação das perdas de líquido por degelo de frangos congelados (Drip Test) em abatedouros

Maria Fernanda Garnica, GABRIEL AUGUSTO MARQUES ROSSI, Ana Carolina Siqueira Gonçalves, Carlos Eduardo Gamero Aguilar, Henrique Meiroz de Souza Almeida, Ana Maria Centola Vidal Martins

Resumo


Este trabalho objetivou avaliar a quantidade de água resultante do descongelamento de carcaças de aves oriundas de quatro abatedouros de aves no Estado de São Paulo, sob Serviço de Inspeção Estadual, através do método Drip Test, durante os anos de 2011 e 2012. Foram utilizadas 45 amostras, sendo que cada uma dessas era composta por seis carcaças de frango congeladas, determinando um total de 270 carcaças de aves utilizadas. Durante a realização do estudo, apenas 4,44% (2/45) das amostras apresentaram valores acima do limite aceitável determinado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), sendo que essas pertenciam a abatedouros distintos, porém não foi observada diferença significativa entre todos os estabelecimentos avaliados. Pode-se concluir que 4,44% das amostras do monitoramento apresentaram-se fora do padrão legal, oriundas de falhas tecnológicas e que resultam na insatisfação dos consumidores. É necessário um monitoramento de rotina, com colheita de amostras prontas para a comercialização sem prévio aviso, como prática a salvaguardar os interesses dos consumidores e à coibição de fraudes intencionais, principalmente naqueles estabelecimentos que evidenciem valores frequentemente elevados.

 


Palavras-chave


Artigo Original

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV