Impacto do programa de esterilização cirúrgica na população de cães e gatos do município de São José dos Pinhais - PR

Dariane Cristina Catapan, Esther Dias da Costa, Graziela Ribeiro da Cunha, Cláudia Turra Pimpão

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a interferência do programa de esterilização cirúrgica na taxa de natalidade de gatas e cadelas, no período de julho de 2011 a julho de 2012, no município de São José dos Pinhais/PR, com base em estimativas populacionais de cães e gatos realizadas por amostragem. Para estimar o número de cães e gatos do município, foram utilizados dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e resultados de trabalhos anteriores sobre as proporções de animais:ser humano, encontradas nas estimativas populacionais realizadas nos anos de 2006 e 2011. O número de esterilizações cirúrgicas realizadas no período foi obtido junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município e os resultados analisados por meio de estatística descritiva. A população estimada foi de 58.376 e 98.000 cães e 11.675 e 18.000 gatos em 2006 e 2011, respectivamente. Foram esterilizados no período um total de 935 animais, sendo 672/935 (71,87%) cães e 263/935 (28,12%) gatos, representando 672/98.000 (0,68%) e 263/18.000 (1,46%) da população total estimada. Dentre os cães, 543/672 (80,2%) eram fêmeas e 129/672 (19,2%) machos e dos gatos, 174/263 (66,16%) eram fêmeas e 89/263 (33,84%) machos. Calcula-se que foram evitados com as esterilizações das fêmeas o total de 4.803 novos filhotes (impacto de 2,86% sob o número total de cães e 11,60% sob o número total de gatos domiciliados e semi-domiciliados estimados em 2011). Diante dos resultados, observa-se a necessidade de ações de conscientização à guarda responsável de animais e adesão ao programa de esterilização.

 


Palavras-chave


amostragem, castração, controle populacional, guarda responsável

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV