Metástase múltipla de carcinoma de células escamosas ocular em bovino: dois casos

Rogério Elias Rabelo, Fabiano José Ferreira de Sant'ana, Valcinir Aloísio Scalla Vulcani, Lorena Ferreira Silva, Andressa Sabine Rabbers, Thaynã Chaves e Santos, Caroline Rocha de Oliveira Lima, Luiz Antônio Franco da Silva

Resumo


Dentre os diversos tumores que acometem bovinos, o carcinoma de células escamosas ocular é o mais frequente nessa espécie, determinando prejuízos consideráveis nos criatórios. São vários os fatores envolvidos na patogênese, porém a constante exposição à luz ultravioleta e a quantidade reduzida de pigmentação em torno dos olhos estão relacionados à maior prevalência. A neoplasia ocorre principalmente na pálpebra inferior, membrana nictitante e a junção corneoescleral. São descritos dois casos incomuns de carcinoma de células escamosas oculares que resultaram em metástases múltiplas para linfonodo regional, glândulas salivares e pulmão em vacas criadas do Sudoeste de Goiás. Histopatologia de todos os casos revelou proliferação de blocos hipercelulares de queratinócitos neoplásicos. As células possuíam citoplasma amplo e eosinofílico, núcleo arredondado, central e basofílico, com cromatina frouxa e um a dois nucléolos grandes e proeminentes. Havia anisocariose e anisocitose acentuadas e sete a dez mitoses em dez campos de 400X. Exposição prolongada aos raios solares e despigmentação dos tecidos primários afetados foram considerados fatores predisponentes importantes.


Palavras-chave


doenças de bovinos, neoplasia, olho, pulmão

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Ciência Veterinária - RBCV